IGREJA MATRIZ DE SANTA TEREZINHA

Antes de ser construída essa Igreja, era a Capela de Santa Cruz , localizada na Chácara Marco Leite, que acolhia os fiéis do bairro da Barreira para as missas, aos domingos, e para todos os demais atos litúrgicos, como os batizados e casamentos, as festas de santos etc. Com a demolição da antiga capela, para abertura da estrada Jundiaí-Itatiba, foi decidida a construção do novo templo, lançando-se a sua pedra fundamental no dia 19/5/1940, em solenidade presidida pelo Padre Arthur Ricci e que contou com a presença do prefeito Manoel Aníbal Marcondes, do mentor do Mosteiro de São Bento, D. Abade Amaro Bondemüller, e de representantes das diversas associações católicas de Jundiaí dessa época. Menos de um ano depois, no dia, em 4/4/1941, a igreja era inaugurada, contando, outra vez, com o comparecimento do Padre Ricci para a celebração da primeira missa aos fiéis. Decorridos pouco mais de dez anos, foi criada a Paróquia de Santa Terezinha (7/9/1952) e a igreja da Barreira ganhou status de matriz. Foi-lhe nomeado como primeiro vigário o padre Teodoro Bibiano da Silva (9/11/1952), que permaneceu no cargo até julho de 1953. Seguiram-se a ele, na condução da paróquia, os padres Aderbal Leitão Vilar (30/8/53 a 28/2/59), Antonio Maria Stafuzza (7/6/59 a 2/6/75), Hamilton José Bianchi (6/7/75 a 5/6/77), Frei Clemente da Costa Neves (6/6/77 a abril de 1994), Norberto Savietto (até 2003) e Geraldo da Cruz Bicudo de Almeida, o vigário atual.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 21 de abril de ...
1937 Nascia em Jundiaí o cantor Jurandir Edgard Casellato.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO