IGREJA NOSSA SENHORA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE VILA ARENS

Antes da construção da atual Igreja Matriz de Vila Arens, contou este bairro com uma capela – chamada de Santa Cruz, assim como outras que surgiram entre o final do século XIX e o início do século XX. Com a chegada dos padres salvatorianos, em 1922, foi criada a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e, cinco anos depois, foi lançada a pedra fundamental da nova construção, estando à frente da paróquia o padre Felisberto Schurbert e como membros da comissão encarregada do levantamento de fundos para as obras os fiéis José A. Cassalho Jr., José G. da Costa Martello (tesoureiro) e José Rossi. A nova igreja foi construída em terreno pela Cia. Fiação e Tecidos São Bento, respondendo pelo projeto e supervisão das obras o engenheiro Emmanuel Gianni. Em 1929, Cândido Mojola assumiu a tesouraria da comissão, em lugar de José Martello, que se mudou para São Paulo, e Cassalho Jr. assumiu a presidência. Também nesse ano, passaram a fazer parte da comissão Francisco de Queiroz Telles e Alceu de Toledo Pontes, como secretário. Inaugurada em 1934, com a presença do Arcebispo de São Paulo, D. Leopoldo Duarte, a Matriz de Nossa Senhora da Imaculada Conceição ostenta em suas paredes internas uma série de pinturas do artista sacro italiano Bruno Di Giusti, a quem sua decoração foi entregue, ainda nos anos 30. Nas cenas bíblicas pintadas por Giusti aparecem os fiéis que mais contribuíram para a execução da obra.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO