Fontes de Pesquisa
Peças publicitárias:

Catálogos, folhetos, cartazes, libretos e outras, de todas as épocas.

Jornais:

O Município; A Cruzada; A Folha; A Comarca; O jundiaiense; Diário de Jundiaí; Jornal de Jundiaí; Jornal da Cidade; Jornal de 2ª Feira; Jundiaí Hoje; Jornal Cultural.

Revistas:

Sultana (1928); Revista de Jundiaí (edições de 1952 e 1961); Revista de Cultura Vozes, LXXI, 1977; Revista do Professor, jul./1959; Dia & Noite (1979); Jundiaí 346 Anos (edição comemorativa, 4ª edição, 2001); Expo Jundiaí.

Anuários e almanaques:

Almanach de Jundiahy (João Baptista Figueiredo, 1912); Annuário de Jundiahy (João Batista Figueiredo e Alceu de Toledo Pontes, 1928); Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas (Celso de Paula, Ed. Literarte, Jundiaí, 1997, 1998 e 1999).

Dicionários:

Dicionário Jundiaiense de Literatura (Celso de Paula, Ed. Literarte, 1999); Dicionário Jundiaiense de Artes Cênicas (Celso de Paula, Ed. Literarte, Jundiaí, 1999); Dicionário Jundiaiense de Música (Celso de Paula, Ed. Literarte, 1999); Dicionário de Mulheres (Hilda Agnes Hübner Flores, Ed.). Nova Dimensão, Porto Alegre-RS, 1999.

Livros, opúsculos e antologias:

Il Brasil E E Gli Itagliani, 1906; O Hospital S. Vicente de Paulo e o seu Cinquentenário (Guilherme Enfeldt, 1952); Poetas da Cidade (1970); Jundiaí Edição Histórica (direção e pesquisa histórica de Alceu de Toledo Pontes; coordenação editorial de Waldemar Gonçalves; Edições Comemorativas Ltda., São Paulo, 1973); Museu de Jundiaí (1974); Antologia Poética de Jundiaí (1979); Jundiaí Poética (1984); Retratos Quase Inocentes – Carlos Eugênio Marcondes de Moura, Aracy A. Amaral, Carlos Lemos e Jean-Claude Bernardet (Ed. Nobel, 1983); Cem anos de Imigração Italiana em Jundiaí – Núcleo Colonial Barão de Jundiaí (Eduardo Carlos Pereira e Elizabeth Filippini, 1988); Imigração e Industrialização nos Municípios Paulistas – Um estudo deste fenômeno até as décadas de 1950/1960 no Município de Jundiaí (Renata Franco Bueno, 1990); Letras Acadêmicas (da Academia Jundiaiense de Letras; todas as edições até 2005); Coletânea Acadêmica (da Academia Feminina de Letras e Artes de Jundiaí; todas as edições até 2005); Evangelização Sem Barreiras, edição comemorativa ao 50º aniversário da Paróquia de Santa Terezinha (Olga Maria Spadoni Pereira e Marinês Otero Fávero); Uma Cidade Cantada em Verso e Prosa (In House, 2005).

Arquivos e acervos:

Biblioteca Pública Municipal Prof. Nelson Foot; Biblioteca Prof. José Feliciano de Oliveira (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); Gabinete de Leitura Ruy Barbosa; Câmara Municipal de Jundiaí; Cemitério Municipal Nossa Senhora do Desterro.

Internet:

Página HABIS (Coord. Carlos Raigorodsky); Site da Academia Brasileira de Letras – www.academia.org.br; mococaonline@mococaonline.com.br; Jornalismo em Debate – CEU (2001).

EFEMÉRIDES
Em 13 de julho de ...
1885 Nascia em Penta, distrito de Salermo, Itália, Domingos Bisogni, fundador da Associação dos Alfaiates de Jundiaí.
1934 Nascia em Itatiba-SP a pintora e ceramista Helena Garcia.
1947 Nascia em Jundiaí o músico Antonio Marques (Toninho Marques).
1967 Falecia em Jundiaí, aos 42 anos, o diretor teatral Irineu Tromboni.
1981 Falecia em Pindamonhangaba-SP, o artista circense, humorista de rádio e cineasta Amácio Mazzaropi.
1982 Falecia em Jundiaí o pintor Orlando Rômulo Paschoal, participante do I Salão Jundiaiense de Belas Artes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros