FARO, EULER ROUDEMAR BUZÁ

(Dourado-SP, 23/9/1920) – Poeta e romancista. Pseudônimo literário: Campos Lira. Filho do professor e poeta Domingos Faro e de Francisca Buzá. Depois de cursar o primário em sua terra natal, Euler Faro mudou-se com a família para a cidade de São Carlos, onde prosseguiu os seus estudos no Ginásio Municipal. Após bacharelar-se por essa escola (1938), seguiu para o Rio de Janeiro, onde cursou a Faculdade de Medicina, doutorando-se em 1947. Em 1950, veio exercer a profissão em Jundiaí, cumulando, durante alguns anos, a atividade médica com a de professor do Ginásio Rosa. Dedicado também à literatura, tornou-se colaborador da imprensa local e em 1962 publicou seu primeiro romance, intitulado Morro Velho. Vieram em seguida: Seara de Sonhos (versos), Baturiti, a Cidadela (romance), Alma e Coração (poemas), Às Mães (poemas), O Ditador dos Emboabas (romance) e outros. Além de membro da União Brasileira de Escritores, Euler foi sócio-fundador da Academia Jundiaiense de Letras, cuja cadeira nº 6 leva o nome de seu pai.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 17 de julho de ...
1892 Nascia em Castel Viscardo, Itália, o músico Odorico Stefani.
1918 Nascia em Jundiaí o ator e comediante Gentil Bervert.
1929 Nascia em Jundiaí o advogado, poeta e cantor João Lopes de Camargo.
1988 Falecia em Jundiaí, aos 59 anos, o músico e desenhista autodidata Leonardo Scarpim (Nardinho).
1996 Falecia em Jundiaí, aos 89 anos, o odontólogo e músico Isaac da Silva Bellini.
1997 Falecia em Jundiaí o cantor, compositor e cineasta Moacyr de Almeida Ramos.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO