TEATRO AMADOR MOCIDADE ESTUDANTIL JUNDIAIENSE

Grupo criado pela dramaturga Míriam Sellig, em 1983, para participação na Gincana Padre Anchieta (GIPA). Chamou-se, inicialmente, TAME, passando, depois, para TAMEJ. Tornou-se conhecido em muitas cidades do Estado de São Paulo, inclusive na capital, por espetáculos como O Processo 1313, escrito pela própria Míriam, em parceria com João Jampaulo Jr., e que depois foi remontado por outros grupos. O TAMEJ iniciou suas atividades com a montagem de Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado, ocupando o palco do Colégio Técnico de Jundiaí (atual Escola Técnica Estadual Vasco Antonio Venchiarutti). Depois, vieram Se Meu Papagaio Falasse (texto de Miriam Sellig, 1983); O Processo 1313 (1984), O Caso Estéril (de Míriam e José Moreira) e outros. Em 1987, o grupo encenou Casais em Crise. Vários dos atores que passaram pelo grupo – como Antonio Marcos Sanches, Mário Rebouças, Evânia Jacobino, Ana Rita Pastro, José Moreira de Oliveira, Sérgio Dias, Ana Paula, Vanderley Carneosso e Antonio Tchaka Sanches – continuam em atividade, alguns, no teatro profissional.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 21 de abril de ...
1937 Nascia em Jundiaí o cantor Jurandir Edgard Casellato.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO