TANAKA, NISSAKO KONDO

(Jundiaí, 1921) – Artesã de origami. Filha de imigrantes japoneses, que em Jundiaí se fez conhecida como Palmira, Nissako Kondo só foi conhecer o origami aos 78 anos, porém, certa de conseguir realizar um projeto deveras ambicioso com o uso dessa técnica. Tal projeto, concebido em 1985, quando esteve em Paris, era não mais e não menos do que reproduzir, com pedaços de papel, a famosa Torre Eiffel. Antes de pôr em prática a ideia que há tantos anos fervilhava em sua mente, ela buscou aprimorar-se no domínio daquela técnica – entre os brasileiros, conhecida como dobradura –, para isto recorrendo a revistas especializadas, publicadas no Japão e dirigidas à colônia nipo-brasileira. Finalmente, em 2001, depois de haver montado todo tipo de figuras em origami – desde aves e gatinhos a potes de biscoitos – Palmira foi dar início à construção da sonhada torre, auxiliada pelos cálculos do projetista Walter Boni, que dimensionou para ela um monumento com três metros de altura. Nesse trabalho, que ficou pronto em 2002, a tempo de ser mostrado na exposição comemorativa dos 94 anos da imigração japonesa no Brasil – evento realizado no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, no mês de junho – Palmira utilizou nada menos que 15.000 dobraduras, com 10 cm cada.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO