SPIANDORIN, ORIVALDO

Comerciante e marchand. Apelido: Ado. A partir do seu estabelecimento com a Lanchonete Lilo & Tito, na esquina das ruas Engenheiro Monlevade e Senador Fonseca, Ado Spiandorin iniciou, nos anos 80, a atividade paralela de marchand, promovendo seguidas exposições de artistas jundiaienses. Já em 1988, firmava-se exclusivamente como marchand, abrindo na Rua Senador, pouco adiante da lanchonete, a Ápice Galeria, aonde, durante vários anos, dedicou-se à comercialização de obras de expressivos nomes das artes plásticas no Brasil. Posteriormente, Ado voltou-se para o comércio de alimentos importados, ramo no qual se manteve até falecer.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 16 de junho de ...
1927 Nascia em Jundiaí o escritor jurídico e fotógrafo amador Walter Campaz.
1952 Nascia em Morungaba-SP a contista, cronista e artista plástica Maria Helena de Paula Gomes Dias (Lena).
1966 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o professor João Duarte Paes.
1982 Falecia em Jundiaí, aos 47 anos, o professor, jornalista e radialista Nelson Álvaro de Figueiredo Brito.
1987 Falecia em Jundiaí, aos 83 anos, o intelectual autodidata Walter Gossner.    
2023 Falecia em Jundiaí, aos 82 anos, o advogado, radialista e professor universitário Reinaldo Ferraz de Barros Basile.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO