SOUZA, ARMÊNIO DE ALMEIDA

(Avaré-SP, 1910 +Jundiaí, 23/4/1989) – Participante ativo da Revolução Constitucionalista, Armênio de Almeida Souza criou e presidiu em Jundiaí a Associação dos Ex-Combatentes de 32, por intermédio da qual manteve-se na cidade, durante décadas, a tradição de se comemorar o Nove de Julho com desfile e exposição alusivos à epopeia paulista. Deve-se também a iniciativa desse revolucionário a confecção do Monumento ao Soldado Constitucionalista, que a Prefeitura fez instalar na Avenida Nove de Julho por ocasião dos festejos comemorativos ao cinquentenário da Revolução de 1932. O monumento em questão – um soldado em tamanho natural, confeccionado em bronze pelo escultor Luiz Morrone – tempos depois de inaugurado, foi transferido para a Avenida Jundiaí, de onde, por fim, foi removido para o jardim do Solar do Barão de Jundiaí, aonde pemanece a salvo de depredações. Ainda, como forma de preservar a memória do movimento constitucionalista, Armênio de Almeida Souza deixou gravados, através da imprensa, relatos e entrevistas que atestam a bravura com que o povo de São Paulo defendeu o seu ideal de democracia e liberdade.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO