NONÔ E SEU RITMO

Primeiros tempos do conjunto: Henrique West Sobrinho (ao microfone), Elvira Biancardi (ao piano), Bernucci, Ademar Rossi (contrabaixo), Antenor Biancardi, Jorginho (sax), Santo Trefílio (clarineta) Samuel (bongô)

Formação musical surgida em Jundiaí em 22 de novembro de 1958, sob a liderança de Antenor Nicola Biancardi (Nonô), que lhe deu essa data de fundação em homenagem à Santa Cecília, a Padroeira da Música. O primeiro evento abrilhantado pelo conjunto, ainda em 1958, foi o baile de coroação da Rainha da Indústria, realizado na Sociedade Musical e Recreativa União Brasileira e que teve como convidado de honra o então Prefeito de Jundiaí, Vasco Antônio Venchiarutti. O sucesso dessa apresentação de estreia valeu ao conjunto sua imediata contratação para animar o Baile da Rainha dos Estudantes, realizado no Clube Jundiaiense, onde a vencedora do concurso foi coroada pelo comunicador Victor Costa Jr., nessa época proprietário da TV Paulista, Canal 5, de São Paulo. A partir daí, o grupo tornou-se bastante conhecido do público paulista, passando a ser requisitado por agremiações e clubes de todo o interior paulista e em outros Estados brasileiros. Veio, assim, participar de eventos de grande repercussão social, como o Baile de Coroação da Rainha do Comércio de Santos (Clube de Regatas Santista); o desfile de modas Bangu, realizado no São Carlos Clube (São Carlos-SP); o baile de formatura da Faculdade de Medicina de Uberaba-MG, realizado no Clube Sírio-libanês daquela cidade; a comemoração do aniversário da cidade de Leme-SP; o Baile das Monções, em Porto Feliz-SP; e a Coroação das Três Rainhas, em Louveira-SP, com a presença do seresteiro Sílvio Caldas. Em Jundiaí, Nonô e Seu Ritmo teve dois períodos áureos, um deles em 1971, quando tocou durante onze meses no Cristal Chopp, acompanhando cantores famosos, como Orlando Silva, Gregório Barrios, Noite Ilustrada e Jamelão. O outro foi no Restaurante Tratoria Passarin, em 1978, aonde permaneceu por sete meses, animando os jantares dançantes e demais eventos promovidos pela casa. Neste restaurante, tornaram-se memoráveis as suas apresentações por ocasião da Noite Cigana – junto com o Conjunto Áustria – e da Noite Italiana, com participação especial do cantor Uccio Gaeta. A essa altura, o grupo já tinha gravado o seu primeiro LP (Gravadora Vilela Santos) e também três fitas cassete. Outros destaques do conjunto: várias apresentações em programas da Rede Globo, TV Cultura e TV Record (A Cidade Faz o Show); tricampeão do Carnaval da região de Itapira (1963/64/65), conquista do Troféu Junbra, como o melhor conjunto da região; por seis vezes foi escolhido para abrilhantar a solenidade de coroação da Rainha do Carnaval, no Cine Theatro Polytheama (numa dessas vezes, foi coroada sua cantora Dagmar Fortes); por três vezes foi escolhido para abrilhantar o baile de gala do Clube Sírio-libanês, da cidade de Santos-SP; apresentação no baile da Feira Industrial de Americana-FIDAM, ao lado da Orquestra Élcio Álvares e Coral; participação em baile realizado no Grêmio Recreativo C.P., ao lado da Orquestra Cassino de Sevilha; por duas vezes foi contratado para animar o baile de formatura do Ginásio Estadual Engº Francisco Monlevade, de Campo Limpo Paulista (Clube Internacional, em 1977, e Sociedade Nipo-Brasileira, em 1978); animação do baile comemorativo das Bodas de Ouro do Jaú F.C. (Jundiaí); animação do baile de formatura da Faculdade de Medicina de Jundiaí, em 1978 (Clube Jundiaiense); show no Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari, por ocasião da Feira da Amizade, em 1978; apresentações no Hotel Estância Fonte Santa Teresa (Valinhos-SP), animando seus almoços e jantares dançantes, e por três anos consecutivos animando as festas de fim de ano promovidas pelos proprietários e familiares daquele estabelecimento; apresentações nos almoços e jantares musicais do restaurante Frango Assado (1979); animação de baile de gala no Clube Dom Bosco, de Cuiabá-MT, onde recebeu o Troféu Mari como o melhor conjunto do interior do Estado de São Paulo; temporada de apresentações no Vale do Rio São Francisco; temporada em Buenos Aires (Argentina); animação do baile de formatura de Bruno Escola de Cabeleireiros, no Grêmio Recreativo C.P.; jantar dançante realizado no Clube Nove de Julho, em Indaiatuba, com a presença da Miss Brasil 1977, Cássia Janys; animação da festa de casamento da apresentadora de TV Claudete Troiano (programa Mulheres em Desfile, da TV Gazeta), na sede social do São Paulo F.C., com 1.500 convidados; apresentação na Festa Árabe, realizada na mansão de Pedro Herbella Fernandes, no bairro do Butantã, em São Paulo. Componentes – Ao longo dos seus 44 anos de existência, o conjunto Nonô e Seu Ritmo teve diversas formações, contando com instrumentistas como Ademar Rossi, Renê Blattner, Samuel Silva (Sami), Alberto Fonseca (Sacha), Jorge Mariano, Antonio Gaino, Sílvio Bertolini, Wilson Russo (Boínha), Nelson de Barros, Vair de Oliveira (Neguinho) e Elvira Biancardi. Entre os cantores que fizeram parte do grupo, são lembrados Dagmar Fortes, Henrique West Sobrinho, Dodô, Geni, Carla Diniz e Carmem Joia, além de Djalma Gil e Deise (cantores de luxuosos hotéis de São Paulo) e Meire Rose (contratada pela gravadora Continental). Em sua última formação estavam: Jovino (organista e cantor), Boínha (trompetista), Alyrio Belória (baterista) e a cantora Janete.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO