NAPÕES

Wagner Moraes no vocal, em uma das primeiras formações do Napões

Conjunto surgido em Jundiaí em meados de 1966 e que fez bastante sucesso até a década seguinte, quando deixou de existir devido ao casamento de parte dos seus integrantes. O nome do grupo foi definido depois que seus próprios integrantes notaram que a maioria deles tinha nariz avantajado. A formação inicial dos Napões contou com Antonio Carlos Oliveira Mello (Melinho), no vocal; Antonio Edmundo Fraga de Novaes (Delega), na guitarra; Joel Antonio Denardi, no teclados; Luiz Antonio Rafael, Hermes Dagoberto Nano Vilar (Dindo), na bateria; Edgard Alves, no contrabaixo e Wagner Moraes no vocal. Também integraram o grupo o vocalista Ademir Araújo, o guitarrista Francisco Agnelo (Kiko), os bateristas Paulo Donadelli e Alírio Bilória, bem como Vail de Oliveira (Neguinho), que substituiu Delega no contrabaixo. Em 1970, em razão do grande sucesso que fazia, o conjunto se modernizou, adquiriu novos equipamentos, incluindo amplificadores importados, e mudou o nome para Acquasanta. Com esse nome, prosseguiu em atividade até 1976, animando bailes, festas de debutantes, Carnaval, em todo o Estado de São Paulo e também em cidades de Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro.

Melinho, Ademir Araújo, Alan, Joel, Hermes, Wagner e Delega
Grupo fez muito sucesso nos anos 1960
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO