MONLEVADE, FRANCISCO PAES LEME DE

(Rio de Janeiro, 1861 +São Paulo, 1941) – Engenheiro. Formado pela Escola de Ouro Preto (MG), Francisco Paes Leme de Monlevade iniciou sua carreira no Rio de Janeiro, como engenheiro ferroviário. Trabalhou em usinas metalúrgicas de Manchester e País de Gales. Retornando ao Brasil, assumiu as funções de mestre das oficinas da Estrada de Ferro Central do Brasil. Posteriormente, ocupou o cargo de diretor técnico da Cia. Forjas e Estaleiros do Rio de Janeiro. Monlevade veio para Jundiaí no final dos anos 1900, como diretor técnico da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, e, sob sua administração, foi executada a eletrificação da linha entre Jundiaí e Campinas – o que permitiu partir daqui, rumo àquela cidade, em 2 de julho de 1922, o primeiro trem elétrico da América do Sul. Também teve participação fundamental na criação da Caixa de Aposentadorias e Pensões dos Ferroviários, auxiliando Eloy Chaves na elaboração da Lei da Previdência Social, aprovada em 1923. Em 1930, foi nomeado Secretário da Viação e Obras Públicas do Estado de São Paulo, o que o levou a mudar-se para a capital, porém jamais deixou de sentir-se jundiaiense, tanto que, antes de falecer, pediu a seus familiares que o sepultassem em Jundiaí.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 21 de abril de ...
1937 Nascia em Jundiaí o cantor Jurandir Edgard Casellato.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO