LUCATO, CLÁUDIO

(Jundiaí, 6/1/1932 +30/7/2011) – Ferroviário, articulista e escritor. Cláudio Lucato começou a trabalhar aos 12 anos, como entregador dos jornais A Comarca e Diário de São Paulo, depois de concluir o 1º grau na Escola Paroquial Francisco Telles. Em seguida, trabalhou também em duas pequenas empresas de chapéus que existiam na cidade. Depois de cursar a Escola Senai Ferroviária, ingressou na Cia. Paulista de Estradas de Ferro, onde exerceu a função de projetista até o ano de 1952. Posteriormente, exerceu a mesma função na Prefeitura Municipal de Jundiaí, no Escritório de Projetos Irmãos Paes Ltda. e na Ideal Standard S.A. Em 1965 bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Pontifícia Universidade Católica de Campinas e em 1970 diplomou-se como Técnico de Administração de Empresas e de Administração Pública nas Faculdades Padre Anchieta. Fez vários cursos de extensão universitária, como: Simpósio de Interiorização do Desenvolvimento Industrial (FIESP-CIESP, São Paulo, 1973); 1º Ciclo de Estudos dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (1974); Planejamento e Controle de Sistemas de Custos Para Pequenas e Médias Empresas, promovido pela Unicamp (Jundiaí, 1975). Prestou serviços junto à Procuradoria Judicial da Prefeitura de Jundiaí nos anos de 1973 e 1974, assessorando a equipe responsável pela elaboração do primeiro Plano Diretor Físico-Territorial. Executou vários estudos e planejamento de reestruturação no município. De 1969 a 1983, secretariou a Comissão do Plano de Incentivo ao Desenvolvimento Industrial (Planidil) e foi responsável pela execução do plano na implantação do Distrito Industrial de Jundiaí. Participou, paralelamente, dos estudos sobre a revisão e atualização do Plano Diretor. Ainda, como assistente técnico, atuou junto à Coordenadoria do Planejamento, exarando pareceres em processos em trânsito pelo órgão, nos campos técnico, jurídico e administrativo, e respondeu pela parte administrativa daquela pasta, de 1980 a 1981. Colaborou nos jornais A Folha de Jundiaí, Folha de Itatiba, Jornal de Jundiaí, O Rio Branco e Além Viaduto, escrevendo crônicas e artigos sobre planejamento e fatos sociais da cidade. Em 1994 produziu o texto da revista comemorativa dos 94 anos de fundação do Grêmio dos Empregados da Cia. Paulista de Estradas de Ferro e em 2000 se fez autor do livro comemorativo do centenário da mesma agremiação. Em 2003 publicou o livro Jundiahy Football Club e Paulista F.C., resgatando a memória do futebol jundiaiense nos últimos 100 anos. Também publicou crônicas e poesias (Reminiscências, 2007; L’Odissea del Campione, 2009; Retalhos da Vida, 2010); o livro comemorativo ao cinquentenário da Banda São João Batista (2007) e, por último, História do Futebol de Jundiaí (2010), abrangendo quase uma centena de clubes que surgiram na cidade a partir de 1900.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO