LOPES, ALICE CAYRES

Alice, trabalhando no restauro
das colunas da Igreja de São
Raimundo, em 1991

Jundiaí, 15/7/1946 – Pintora e restauradora. Alice dedica-se às artes e, particularmente, à pintura, desde criança. Desenvolveu seus conhecimentos na área cursando a Escola de Desenho e Pintura Campinas, entre 1969 e 1971. Completou sua formação no Curso de Educação Artística da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Nossa Senhora do Patrocínio (Itu-SP), onde se bacharelou em 1986. De 1977 a 1986 lecionou em várias escolas do município. Em 1988 partiu para a Bahia, a fim de adquirir novos conhecimentos na área artística. Foi então que passou a integrar a equipe do professor José Dirson Argolo, titular da cadeira de Restauro da Escola de Belas Artes da UnFBA, atuando na recuperação das pinturas de várias igrejas e casas baianas. Em sua estada de nove anos em Salvador, trabalhou sob a orientação desse mestre na restauração de um painel de Caribé, do altar-mor da Igreja de Sant’Ana e das imagens de Santo Antonio e de Nossa Senhora da Boa Morte, pertencentes à Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. Também atuou na coordenação da obra da capela anexa à Igreja do Rosário dos Pretos e na fiscalização dos trabalhos de restauração de uma série de casas do Pelourinho, realizados com o patrocínio do Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural do Estado da Bahia, e nos restauros de imagens da capela do Sagrado Coração de Jesus e do altar-mor do arco cruzeiro e dos altares laterais da Igreja de São Raimundo, em serviços custeados pelos fiéis. O trabalho realizado na Igreja de São Raimundo foi um dos mais trabalhosos para Alice, que teve que retirar oito camadas de tintas, papéis e tecidos de parede, para que os altares readquirissem seu aspecto original, do final do século XVIII, quando foram confeccionados em estilo barroco, com uma forte influência neoclássica. Também, em Salvador, Alice realizou curso sobre a produção de papel artesanal na Universidade Federal da Bahia e participou do seminário Encontro Norte-Nordeste de História da Arte e na palestra Conservar e Preservar Obras de Arte, promovida pela Casa de Misericórdia da Bahia. A artista retornou a Jundiaí em 1997, colocando sua experiência à disposição do Poder Público e de particulares, para trabalhos similares aos realizados na Bahia, objetivando a preservação do patrimônio artístico e arquitetônico da cidade e de municípios da região.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO