GOULD, ERNESTO

(Jundiaí, 18/3/1870 +29/5/1906) – Um dos ferroviários mortos na primeira greve de trabalhadores ferroviários. Em 27/5/1906, os empregados da Cia. Paulista de Estradas de Ferro deflagraram greve em solidariedade a colegas demitidos por não aceitarem transferência para as oficinas da empresa em Campinas, aonde grassava uma epidemia de febre amarela. Reivindicando a reintegração dos colegas punidos, os trabalhadores fizeram um ato público defronte à Igreja São Bento, no centro de Jundiaí, e a força pública foi chamada para dispersar o movimento.  Deu-se, então, um confronto entre os grevistas e os soldados, no qual Ernesto Gould e Manoel Dias foram baleados, vindo ambos a falecer, poucos dias depois, em consequência dos ferimentos. Gould e Dias tiveram os seus túmulos custeados por seus colegas de trabalho, que, sobre as respectivas lápides, fizeram afixar medalhões fundidos nas próprias oficinas da Cia. Paulista.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO