FRANCO, MIGUEL DI

Precursor do cinema em Jundiaí. Antes que existisse qualquer cinema em Jundiaí, esse comerciante de joias e instrumentos musicais instalou em sua loja, na Rua Barão de Jundiaí (no ponto em que, em tempos recentes, esteve instalada a Casa Martini Calçados), um curioso aparelho, chamado “cosmorama”, consistente em uma grande caixa de madeira que, através de um vidro, mostrava imagens movimentadas ao som da música de realejo. Para ver as imagens, o espectador colocava um níquel numa pequena abertura dessa caixa. Com o sucesso desse aparelho, Miguel Di Franco constituiu uma companhia que, em 1906, começou a explorar o cinema no Theatro São José, então instalado por Estevam Campanaro no local onde, mais tarde, se instalaria a sede da Associação Comercial.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de julho de ...
1885 Nascia em Penta, distrito de Salermo, Itália, Domingos Bisogni, fundador da Associação dos Alfaiates de Jundiaí.
1934 Nascia em Itatiba-SP a pintora e ceramista Helena Garcia.
1947 Nascia em Jundiaí o músico Antonio Marques (Toninho Marques).
1967 Falecia em Jundiaí, aos 42 anos, o diretor teatral Irineu Tromboni.
1981 Falecia em Pindamonhangaba-SP, o artista circense, humorista de rádio e cineasta Amácio Mazzaropi.
1982 Falecia em Jundiaí o pintor Orlando Rômulo Paschoal, participante do I Salão Jundiaiense de Belas Artes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO