FOELKER, RITA DE CÁSSIA

(Jundiaí, 14/4/1965) – Desenhista autodidata, Rita Foelker aliou o gosto pela arte à literatura, trabalhando como ilustradora copista e projetista gráfica. Possui mais de 20 livros publicados, na maioria infantis, ilustrados por ela mesma.  Mostras e Salões: 1985 – Salão de Arte Contemporânea de Jundiaí (Centro Cultural Bandeirantes); Programa Jundiaí Hoje – Seletiva e Exposição Individual (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); 1986 – Festival e Mostra Regional de Arte e Artesanato (Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari, Jundiaí); Mostra de Arte Incentivo, da Academia Feminina de Letras e Artes de Jundiaí (Casa da Cultura de Jundiaí); 1987 – I Mostra de Artes Plásticas de Campo Limpo Paulista-SP; Mostra Individual no Restaurante Lilo & Tito (Jundiaí); VI Salão Oficial Pararrealista de Artes Plásticas de Matão (Matão-SP – Pequena Medalha de Ouro); III Mostra da Cooperativa Literarte (Conservatório Modelo, Jundiaí); 1988 – I Mostra Pararrealista de Artes Plásticas de São Vicente (Ilha Porchat Clube – Troféu Martim Afonso de Souza); V Coletiva do Centro Cultural Tao Sigulda (Campo Limpo Paulista-SP); IV Mostra Pararrealista de Artes Plásticas do Guarujá-SP; Coletiva de Inauguração da Galeria Artemini (Escritório Ramos de Azevedo/Solar do Barão de Jundiaí); Coletiva Instante (Casa da Cultura de Jundiaí); VII Salão Oficial Pararrealista de Artes Plásticas de Matão-SP; VII Coletiva do Centro Cultural Tao Sigulda (Campo Limpo Paulista-SP); 1989 – Coletiva de Artistas Jundiaienses (Galeria Arte-mini/Escritório Ramos de Azevedo/Solar do Barão de Jundiaí). Obras em Acervo: Museu Histórico e Cultural de Jundiaí. Livros publicados: Lar – Lugar de Morar (Ed. Correio Fraterno), Uma Prova de Coragem (EME), A Lenda das Três Árvores (EME), Vermelhinho – O Peixinho (EME), ME e o Pequeno Planeta (EME), O Caminho da Vida (EME), A Única Dádiva (EME), Rei e Mendigo (EME), Menina das Luzes (EME), Mãe é Mãe (EME), Faxina no Céu (Ed. Forever), Estômago de Avestruz (Ed. GSL), O Espírito Natalino (Petit Editora), Um Pouco por Dia – Coletânea (EME), Pensamentos que Resolvem, com Calunga (Grupo Irmãos do Livro), Mestre de Mim Mesmo – Autoajuda, com Calunga (Edições Gil), Autoajuda com Calunga (Edições Gil), Liberdade & Outros Temas – Diálogos filosóficos, com Arquimedes (Edições Gil), Palavras Simples, Verdades Profundas – Coletânea (EME), Continente Imaginário (EME). Verbetes: Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas, edições de 1998 e 1999; Dicionário Jundiaiense de Literatura (1999).

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 14 de junho de ...
1898 Falecia em Jundiaí, aos 56 anos, Antonio Damásio Santos, o primeiro jundiaiense nato a administrar a cidade com o título de intendente.
1912 Nascia em Jundiaí o pintor Arthêmio Matiazzo.
1924 Nascia em Milão, Itália, o fotógrafo Lívio Tagliacarne.
1928 Nascia no Rio de Janeiro a poetisa Hilda Santos da Silva.
1936 Nascia em Jundiaí o professor e engenheiro naval Dayr Schiozer.
1965 Nascia em Jundiaí a pintora Isabel Cristina Baptistella Araújo.
1986 Falecia em Jundiaí, aos 94 anos, a professora e poetisa Maria de Toledo Pontes.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o artista plástico Issis Martins Roda.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO