D’ANGIERI, FLÁVIO

Jundiaí, 4/9/1918 +22/3/1989 – Desenhista, professor e compositor. Em 1950, participou do I Salão Jundiaiense de Belas Artes, expondo na seção de Arquitetura. Compôs a marcha Jundiaí, Capital da Uva dedicada aos viticultores e à Festa da Uva de 1953, com a qual foi inaugurado o Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari. Flávio fez seus primeiros estudos no Grupo Escolar Conde do Parnaíba e logo, como todos da sua família, ingressou na Cia. Paulista de Estradas de Ferro, onde foi desenhista, agrimensor e topógrafo, tendo servido a empresa nessa função quando da abertura da via férrea que vai até Panorama-SP. Durante a sua formação, cursou a Escola Profissional de Jundiaí e diplomou-se como desenhista no Liceu de Arte e Ofícios de São Paulo, em 1944. Em 1949, após prestar concurso na Escola Caetano de Campos, em São Paulo, ingressou no Magistério Público Estadual, onde fez carreira, lecionando nas cidades de Amparo, Porto Feliz e Jundiaí. Em Jundiaí, foi professor do antigo Colégio Estadual e Escola Normal (depois Instituto de Educação), das Escolas Padre Anchieta e do Ginásio Industrial. Exerceu, como desenhista, produtiva atividade junto aos escritórios de projetos de construção; foi projetista da Diretoria de Obras da Prefeitura Municipal em 1950/51 e tomou parte no I Salão Jundiaiense de Belas Artes, expondo na seção de Arquitetura. Foi, também, quem introduziu na cidade o sistema de reprodução de documentos por fotocópias.  Fundou e presidiu, por mais de dez anos, a Cooperativa Agrícola de Jundiaí. Também foi presidente do Instituto de Cegos Luiz Braille e, nos anos 1950, comandou a Comissão de Construção do Estádio de Futebol Dr. Jayme Cintra. Exerceu o cargo de administrador do Ginásio Municipal de Esportes (Bolão) na primeira gestão do prefeito Pedro Fávaro e o de secretário da Educação na segunda gestão.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 16 de junho de ...
1927 Nascia em Jundiaí o escritor jurídico e fotógrafo amador Walter Campaz.
1952 Nascia em Morungaba-SP a contista, cronista e artista plástica Maria Helena de Paula Gomes Dias (Lena).
1966 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o professor João Duarte Paes.
1982 Falecia em Jundiaí, aos 47 anos, o professor, jornalista e radialista Nelson Álvaro de Figueiredo Brito.
1987 Falecia em Jundiaí, aos 83 anos, o intelectual autodidata Walter Gossner.    
2023 Falecia em Jundiaí, aos 82 anos, o advogado, radialista e professor universitário Reinaldo Ferraz de Barros Basile.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO