D’ANGIERI, DORIVAL

Jundiaí, 8/6/1912 +29/10/1988 – Apelido: Vazinho. Violinista e percussionista. Fez parte da formação original dos Chorões do Japy, tocando violino e surdo, ao lado de Jacó (chocalho), Patápio (flautista), Aquilino (clarinete, saxofone e violão), Mário Mazzola (violão) e Zé Doval (cuíca) e de outros músicos que mantiveram a tradição do grupo até o início da década de 60. Compôs, entre outras marchas conhecidas, Rio Claro, Sai da Frente e Encontrei o Meu Amor – todas em parceria com José Doval Filho. Com Encontrei o Meu Amor, obteve o 3º lugar no concurso da Festa da Uva de 1938. Dorival D’Angieri exerceu, por muitos anos, a função de comprador na Cooperativa da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, e presidiu o Grêmio dos Empregados da C.P. no biênio 1938/39. Aposentou-se na Cooperativa, como chefe da seção, em 1967.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO