CURY, FÁBIO

(Jundiaí, 5/1/1970) – Fagotista. Iniciou seus estudos musicais em 1977, na Escola de Música de Jundiaí. Em 1981, definindo-se pelo fagote, passou a receber orientação específica sobre este instrumento pelo professor Paulo Justi. Também em 1981, passou a integrar a Orquestra Sinfônica Jovem de Jundiaí. Em 1984, participou do Festival de Inverno de Campos do Jordão e do I Encontro de Orquestras Jovens de Tatuí-SP. Em 1985, voltou a tomar parte nesses dois eventos. Integrou a Banda Sinfônica do Conservatório Dramático-Musical Dr. Carlos de Campos, de Tatuí-SP, e obteve a segunda colocação no Concurso Jovens Instrumentistas do Brasil, promovido pela Escola de Música de Piracicaba-SP. Na sequência de sua formação, em 1986, 1987 e 1988, participou dos Encontros de Orquestras Jovens de Tatuí, sob orientação do professor Noel Devos, voltando também a participar do Festival de Inverno de Campos do Jordão, em 1987, sob orientação do Professor Affonso Venturieri. Tornou-se integrante da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal de São Paulo em 1986 e, depois de vencer o Concurso para Jovens Solistas dessa orquestra, participou, em 1987, do III Prêmio Eldorado de Música, como o mais jovem dos concorrentes. Em 1988, ingressou no Curso de Graduação em Fagote da Universidade Estadual de Campinas-SP, sob orientação do professor Paulo Justi. Ainda, nesse ano, foi o mais jovem semifinalista do IV Prêmio Eldorado de Música. Em 1991, ano em que concluiu seu bacharelado, participou da VIII Oficina de Música de Câmara de Curitiba-PR, recebendo orientação do professor Noel Devos, e do Curso de Extensão em Música de Câmara de Ingo Govitzki, promovido pela Universidade Federal de Curitiba-PR. Também, nesse ano, passou a integrar a Orquestra Experimental de Repertório de São Paulo. Em 1993 obteve a 1ª colocação no Concurso de Fagote da Escola Superior de Música de Hannover (Alemanha) e em 1995 conquistou o 3º lugar no VIII Prêmio Eldorado de Música. Apontado pela revista Classic CD, edição de novembro de 1997, como um dos sete melhores do mundo em seu instrumento, Fábio Cury já exerceu a função de fagotista solista na Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (1988 a 1997), na Orquestra Sinfônica da Unicamp (1994 a 1997) e na Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo (1996/97). Também atuou como solista da Sinfonia Cultura, sob regência do maestro Walter Lourenção, na abertura do evento comemorativo à Semana de Arte Moderna de 1922, realizado no Teatro Polytheama em agosto de 1998. Ocupou na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo a posição de fagotista solista, da qual foi afastado em agosto de 2001, com outros seis músicos, por divergir dos métodos de administração do maestro John Neschiling. Tendo protagonizado esse episódio na condição de presidente da Associação dos Profissionais Músicos da Osesp, recebeu manifestações de desagravo e solidariedade de várias instituições nacionais e internacionais de músicos. Nesta mesma época, apresentou-se na Sala Glória Rocha, integrando o Quinteto São Paulo, na comemoração dos 30 anos da Escola de Música de Jundiaí. Mestre em Arte pela USP, atua como professor de fagote nessa Universidade.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO