CREMONTI, ARMANDO ÂNGELO

(Tortona, Itália, 24/1/1914, +São Paulo,6/9/1983) – Padre. Filho de Ângelo Cremonte e Rosa Pagano. Entrou para o Seminário dos Oblatos de Maria Virgem, em Pinarolo, Itália, em 1936.  Recebeu a ordenação sacerdotal em Pisa, em 24/6/1943. Veio para o Brasil em 1946 e um ano depois assumiu a Paróquia de São João Batista, em Jundiaí, onde permaneceu por 23 anos. Quando da sua chegada, Padre Ângelo fez do coro da igreja o seu lugar de repouso, pois não tinha uma casa reservada para ele. Fazia suas refeições na casa da família Zaparolli. Pensando nas pessoas mais carentes, principalmente nas crianças, tratou, desde logo, de criar uma escolinha nos fundos da igreja, a qual veio transformar-se na Escola Paroquial Nossa Senhora das Graças. Também fomentou a criação da Banda São João Batista (1957) e implantou na Vila Rami a Escola Capela Santa Maria Goreti (1960). Em 1970, Padre Ângelo foi chamado para atuar em São Paulo, como Provincial dos Padres Oblatos de Maria Virgem no Brasil, e lá prosseguiu a sua missão até falecer. Foi sepultado no cemitério de Santo Amaro, mas em novembro de 1997, por diligências dos paroquianos da Ponte São João, os seus restos mortais foram trasladados para o Cemitério Nossa Senhora do Desterro, em Jundiaí.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO