CINE REGINA

Prédio onde funcionou o Cine Regina, no centro de Vinhedo

Primeiro cinema de Vinhedo. Aberto na década de 1930, o Cine Regina foi, por muitos anos, a única diversão dos moradores do antigo bairro da Rocinha, sendo mantido pela Sociedade Italiana Maria Socorro Regina Margherita, centenária associação de ajuda aos imigrantes italianos, ainda em atividade. Atílio Braghetto era o responsável pela projeção das fitas, em sua maioria, comédias e faroeste, que faziam lotar os 300 lugares do salão onde o cinema funcionava, em frente à Praça Sant’Anna. As sessões aconteciam só nos finais de semana e, após o seu encerramento,  era comum se retirarem as cadeiras, transformando o local em salão de baile. Em 1945 o cinema foi alugado e depois vendido a Aurélio Niero, que promoveu a reforma de seu prédio, que era bastante antigo e chegara a ser interditado, e em 1947 o reabriu com o nome Cine Bandeirante, que foi mantido em atividade até 1975, quando, após novas reformas no prédio, deu lugar a um conjunto de lojas.

Inauguração do Cine Bandeirante, em 1947, com a presença do governador Adhemar Pereira de Barros
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 14 de junho de ...
1898 Falecia em Jundiaí, aos 56 anos, Antonio Damásio Santos, o primeiro jundiaiense nato a administrar a cidade com o título de intendente.
1912 Nascia em Jundiaí o pintor Arthêmio Matiazzo.
1924 Nascia em Milão, Itália, o fotógrafo Lívio Tagliacarne.
1928 Nascia no Rio de Janeiro a poetisa Hilda Santos da Silva.
1936 Nascia em Jundiaí o professor e engenheiro naval Dayr Schiozer.
1965 Nascia em Jundiaí a pintora Isabel Cristina Baptistella Araújo.
1986 Falecia em Jundiaí, aos 94 anos, a professora e poetisa Maria de Toledo Pontes.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o artista plástico Issis Martins Roda.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO