BORGES, PAULO ROGÉRIO

(Jundiaí, 2/6/1971) – Pintor e arte-educador. Carrega, em seu traço, forte influência das técnicas de ilustração e de HQ, assimiladas enquanto aluno – de 1989 a 1993 – e, depois, de 1993 a 1995, como professor de desenho e pintura no Ateliê Artístico Arroyo (Jundiaí). Foi professor de Desenho e Pintura no Espaço Cultural República das Artes de 1997 a 1999. Licenciado em Educação Artística pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo e com Mestrado em Artes/Multimeios (como Aluno Especial) no Instituto de Artes Unicamp, Paulo Rogério Borges desenvolve a atividade artística paralelamente com o magistério, sendo professor de Desenho Técnico, Desenho Técnico Assistido por Computador (AutoCAD R14) e Orientador de Aprendizagem no Programa do Telecurso 2000 Profissionalizante (Mecânica) na Escola Senai Conde Alexandre Siciliano (Jundiaí). Antes, lecionou Educação Artística para alunos de 5ª a 8ª séries e 1º colegial nas E.E.P.S.G. Dr. Antenor Soares Gandra, Profª Benedita Arruda e Bispo D. Gabriel Paulino Bueno Couto e na Escola Técnica Estadual Arqtº Vasco Antonio Venchiarutti, todas de Jundiaí, e também teve passagem pela Secretaria Municipal de Integração Social, como coordenador e instrutor das Oficinas de Papel Artesanal e Reciclado e de Serigrafia para meninos e meninas de rua. Outros cursos: 1987/1992 – Tecnologia Mecânica (Colégio Técnico da Unicamp, Campinas-SP); 1988 – Desenho Técnico (Escola Art-Mec, São Paulo); 1989/1993 – Desenho Básico, Técnicas de Ilustração, HQs e Artes Gráficas (Ateliê Artístico Arroyo, Jundiaí); 1994 – II Congresso Internacional para o Reconhecimento da Cultura Afro-brasileira e dos Cultos (Centro das Artes, Jundiaí); I Seminário Nacional sobre o Papel da Arte no Processo de Socialização e Educação da Criança e do Jovem (Centro de Convenções Rebouças, São Paulo); Seminário de Novas Tecnologias de Fabricação de Papel Artesanal (Escola Senai Theobaldo de Nigris, São Paulo); 1995 – II Congresso Internacional para o Reconhecimento da Cultura Afro-brasileira e dos Cultos (Clube 28 de Setembro, Jundiaí); Recreação/Capacitação de Monitores para Acampamentos (Sun Fly Camp & Recreações & Eventos, São Paulo); 1996 – Avenida Paulista – Arte e Cultura (Instituto Cultural Itaú, São Paulo); História da Arte Ocidental – do Gótico ao Neobarroco (Sesc/Paulista, São Paulo); Workshop Arte Contemporânea, com o artista plástico Antonio Henrique Amaral (Museu de Arte Moderna-MAM, São Paulo); Palestra com Agnaldo Farias, curador adjunto da XXIII Bienal de São Paulo (Fundação Bienal de São Paulo (São Paulo); 1997 – Encontro Multidisciplinar Cenário Pós-Moderno (Centro Tecnológico Paula Souza, São Paulo); Arte Brasileira – Abordagens Metodológicas: O Corpo Humano em Questão, Roteiro, Temática e Questões Formais Sobre a Arte, Possibilidades de Trabalhos Práticos em Sala de Aula, Da Conquista à Ausência de Perspectiva (Instituto Cultural Itaú, São Paulo); Iniciação às Técnicas Teatrais, com o professor Reynuncio Napoleão de Lima, do Instituto de Artes da Unesp (Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo); Metodologia para o Ensino da Arte, com a professora Ilsa Kawall Ferreira Leal, da Unesp (Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo); 1998 – Preparação de Orientadores de Aprendizagem do Telecurso; 1999 – AutoCAD, Módulos I, II e III (Escola Senai Conde Alexandrino Siciliano, Jundiaí); 2000 – 1º e 2º Graus (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Participações artísticas e premiações: 1994 – Concurso de Autorretrato da Faculdade de Belas Artes de São Paulo (Menção Honrosa); figurinos da peça Julieta e Romeu, adaptada de William Shakespeare por Wagner Nacarato (Prêmio Melhor Figurino no X Festival Estudantil de Teatro Amador do Estado de São Paulo; Tatuí-SP); 1995 – Coletiva de Artes Plásticas, categoria Contemporâneo, no 1º Aniversário de Emancipação da cidade de Engenheiro Coelho-SP; cenário para a peça A Fantasia, de Artur Azevedo, com direção de Wagner Nacarato (Jundiaí); I Salão Vinhedense de Arte Contemporânea (Vinhedo-SP); 1997 – Exposição comemorativa do lançamento do Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas-97 (Grêmio Recreativo C.P.); curadoria da Mostra Individual da artista plástica Christiane Grigoletto, na inauguração da República das Artes (Jundiaí); Curadoria da mostra Insid Out do artista plástico Marco Riccioppo no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí; cenário para a peça Peter Pan, adaptação de Adilson Leite e direção de Wagner Nacarato (Jundiaí); participação na mostra coletiva Óleo, Acrílico & Aquarela (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); elaboração e montagem da exposição comemorativa dos 344 anos da Cidade de Jundiaí (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); 1998 – Cenário para o programa Memória Expressa, do Instituto de Pós-graduação em Multimeios da Unicamp, exibido através da NET (Campinas-SP); idealização e organização da I Seleção de Projetos de Arte Pública de Jundiaí (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Jundiaí); curadoria e montagem da mostra de artes visuais do evento Pão & Poesia VI (Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari, Jundiaí); participação no II Intercâmbio Cultural de Artes Plásticas Jundiaí/Interior (Casa da Cultura de Jundiaí); 1999 – Participação na coletiva de artistas plásticos jundiaienses na inauguração do Centro de Exposições Cecília Meirelles (Complexo Educacional e Cultural Argos, Jundiaí).

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO