BARBOSA, MARIA PAULA PESTANA

(Jundiaí, 9/5/1964) – Pintora. Assina MPaula e P.Pestana. É formada pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo (turma de 1984) e pós-graduada em Artes pela Unicamp. Dedica-se, especialmente, à técnica da aquarela e leciona em seu próprio ateliê, oferecendo cursos de desenho, pintura, cerâmica e escultura. Entre 1989 e 1996, integrou o corpo docente do Senac, lecionando nas áreas de Arte (Desenho) e de Moda (cursos de Desenho de Moda). Participou do III Congresso Brasileiro de História da Arte (ECA/USP, 1987) e do Workshop Sudameris de Arte, ministrado pelo pintor Cláudio Tozzi e pelo crítico de arte Felipe Senatore, no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí (1996). Frequentou cursos de aquarela ministrados pelo professor Luiz Lundstedt (1990) e pelo artista plástico Tuneu (1999). Em 1996 integrou a comissão organizadora da mostra comemorativa da reinauguração do Teatro Polytheama, a qual foi repetida em 1997, para entrega do respectivo catálogo. Está catalogada no Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas, edições de 1997, 1998 e 1999. Exposições Individuais – Museu Histórico e Cultural de Jundiaí (1985); Galeria Recriarte (São Paulo, 1986); Casa da Cultura de Jundiaí (1990); Galeria de Arte Picturesque (Campinas-SP, 1992). Coletivas: 1985 – Projeto Jundiaí Hoje (Jundiaí); I Salão de Arte Contemporânea de Campinas (1987); Projeto Jundiaí Hoje (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, 1988); Casa da Cultura de Jundiaí (1989); XVI Salão de Arte Jovem do C.C.B.E.U. (Santos, 1989); Caixa Econômica Federal/ Ag. Parque da Uva (Jundiaí, 1989 e 1991); XIII, XIV, XV e XVI Coletiva do Centro Cultural Tao Sigulda (Campo Limpo Paulista, 1991 a 1993); Exposição comemorativa do lançamento do Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas-97 (Grêmio Recreativo C.P., Jundiaí, 1997); Coletiva Óleo, Acrílico & Aquarela (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí, 1997); Sempre-vivas, mostra comemorativa do Dia Internacional da Mulher (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí, 1998); Campinas-Decor/99 (Espaço da arquiteta Ana Paula Padovani, Valinhos-SP, 1999); Exposição Arte na Cidade (Sala Cecília Meirelles/ Complexo Cultural Argos, Jundiaí, 2002); Exposição Arte do Novo Século (Sala Cecília Meirelles/ Complexo Cultural Argos, Jundiaí, 2002). Exposições Individuais – Museu Histórico e Cultural de Jundiaí (1985); Galeria Recriarte (São Paulo, 1986); Casa da Cultura de Jundiaí (1990); Galeria de Arte Picturesque (Campinas-SP, 1992).1999 – Casa da Cultura de Jundiaí. Exposições com o Grupo Estação Paulista: Abril/2000 – Inauguração do ateliê coletivo do grupo no Museu da Cia. Paulista (Jundiaí); Maio/2000 – Exposição comemorativa ao Dia do Artista Plástico (Museu da Cia. Paulista, Jundiaí); Junho/2000 – Mapa Cultural Paulista / Fase Municipal (Casa da Cultura de Jundiaí); Julho/2000 – Bandeiras do Divino – Uma Instalação Caipira (Museu da Cia Paulista, Jundiaí); Agosto/2000 – Revelando São Paulo (Parque da Água Branca, São Paulo); Bandeiras – Uma Instalação Caipira (Teatro Polytheama, Jundiaí); Arte no Museu Ferroviário (Galeria de Eventos do Museu da Cia. Paulista, Jundiaí); Fase Regional do Mapa Cultural Paulista (Liceu João Belarmino, Amparo-SP); Outubro/2000 – Fase Estadual do Mapa Cultural Paulista (Estação Júlio Prestes, São Paulo); Fevereiro/2001 –Terra I (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); Abril/2001 – Terra II (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); Junho/2001 – Fogo (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); Jun/2002 – Coletiva na Faculdade Santa Marcelina, São Paulo). Premiações: 1987 – I Salão Regional de Arte Contemporânea de Campinas-SP; 1989 – XVI Salão de Arte Jovem do C.C.B.E.U. de Santos-SP; 1993 – Medalha de Bronze na I Mostra de Arte da A.P.C.D./Jundiaí. Crítica: “Maria Paula Pestana Barbosa, reflexiva diante de um desafio, explosiva criatividade ao vencer o obstáculo, eis esta pequena, calma, atenta e sequiosa do saber de tão nobre arte – a aquarela. Conhecer Paula fez-me feliz e orgulhoso, pois Paula é semente acurada e de boa produção. Seus trabalhos refletem sua personalidade, sabendo respeitar o branco do papel e dando aspecto ótico translúcido a paisagens etéreas. Paula sabe captar com precisão o espírito da aquarela, ou seja: respostas rápidas a momentos fugazes. As aquarelas de Paula são definições imediatas de uma linha de pesquisa incansável, que procura fazer o uso da prática diária amalgamada com emoção, sem cair no racionalismo. Esta pequena muito me surpreende, pois, de repente, sou presenteado com uma exposição de aquarelas, mostrando com isso a absorção, palavra por palavra, daquilo que ela jurou consigo mesma: vencer a tão difícil técnica da aquarela. Venceu e continua vencendo, provando que é capaz. Paula, sempre ávida por conhecer aquilo que acontece do outro lado do muro. Paula não é cópia de calendários e nem se presta à arte consanguínea: seu desejo é a miscigenação. Assim, suas perspectivas no campo artístico se expandem como tentáculos, absorvendo tudo aquilo que possa ajudar a iluminar sua trajetória, já seguida por halos. Esta jundiaiense promete brevemente vencer novas fronteiras com seus olhos de lince que conseguem ver além do mundo restrito de seus contemporâneos. Desejo vê-la mais vezes nos dando momentos de lugares já vividos e de transposição do ego para a arte eterna.” (Luiz Lundstedt in Baependy, n.º 30, Jundiaí, 1991).

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 12 de abril de ...
1898 Nascia em Jundiaí o professor Oscar Augusto Gelli.
1929 Nascia em Jundiaí o ator e bailarino Jayro de Barros Lara.
1935 Nascia em Jundiaí o violonista e luthier Romualdo Russo.
1942 Falecia em Jundiaí o desenhista, projetista e construtor César Ferrari.
1946 Nascia em Casa Branca-SP a pintora Juçara Pimenta de Pádua Colagrossi.
1959 Falecia em Campinas-SP, aos 84 anos, o Padre Felisberto Schubert, reorganizador da Ordem Salvatoriana no Brasil.
1988 Falecia em Jarinu-SP, aos 59 anos, o ator e bailarino Jayro de Barros Lara.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO