STEL, MARIA CÂNDIDA DE LEMOS GIACOMELLI

(Jundiaí, 21/2/1928) – Pintora. Foi também bailarina. Depois de iniciar-se na pintura como autodidata, Maria Cândida buscou o aperfeiçoamento de suas técnicas em cursos realizados na Escola Paulista de Belas Artes e na Escola Portinari, onde teve como seu maior mestre o pintor Gilberto Geraldo. Habilitada para o magistério, lecionou Desenho nas Escolas Padre Anchieta e foi professora de Artes no Parque Infantil Prefeito Manoel Aníbal Marcondes, durante 23 anos. Nesse período, em uma viagem feita à Argentina, aprendeu em Buenos Aires várias técnicas de desenho, as quais, repassou aos seus alunos. Foi responsável, também, pela formação da banda infantil do Parque Aníbal Marcondes, que deu destaque à escolinha em inúmeras festas da criança na cidade. Dança – Maria Cândida fez os seus estudos de dança no Conservatório Musical de Jundiaí, de 1949 a 1955, e esteve sob orientação da famosa bailarina Ácia Córsola, em estágio de aperfeiçoamento. Nessa época, foi solista do corpo de baile dirigido por Glória Rocha, tomando parte em festivais realizados em Jundiaí e em outras cidades e em apresentações na antiga TV Tupi. Quadros – Depois que deixou o balé e o magistério, Maria Cândida voltou-se inteiramente para a pintura, especializando-se em flores e naturezas mortas, passando a produzir quadros de pequenas dimensões, que têm sido adquiridos tanto por colecionadores de vários países, como Canadá, Estados Unidos, Itália, França, Bolívia e Argentina. Nesses mais de 30 anos de atividade artística, participou de inúmeras exposições, havendo sido uma das pioneiras da Feira de Arte de Jundiaí, iniciada nos anos 1970. Ainda nessa década, tomou parte na I e II Mostras de Arte do Clube Beneficente e Recreativo 28 de Setembro; no II Encontro de Arte do Colégio Técnico Prof. Luiz Rosa; na II Exposição de Artes e Educação do Ginásio Industrial Dr. Antenor Soares Gandra e na II Exposição Coletiva da A.A.P.J. (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa. Nos anos 1980, participou do I Salão de Artes Plásticas de Leme (SP) e do II Leilão de Artes Plásticas da Feira da Amizade (Casa do Advogado, Jundiaí). Também realizou nove exposições individuais no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, uma na Agência do Banco do Brasil e outra no Centro das Artes, por ocasião do 22º aniversário da Academia Feminina de Letras e Artes de Jundiaí (AFLAJ). Em 1998, participou de coletiva na comemoração do 25º aniversário da AFLAJ, entidade à qual pertence.

1952: Destaque na capa da Revista de Jundiaí
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de abril de ...
1875 Nascia em Petrópolis-RJ o músico Eduardo Tomanik.  
1929 Nascia em Jundiaí o cantor Durval de Brito Salles.
1957 Nascia em Jundiaí o violeiro e violonista Lázaro Purgato, conhecido como Corvo Branco ou Corvo Campeiro.
1959 Nascia em Itatiba-SP a pintora Elisabeth Fontana Suzan.
1971 Nascia em Jundiaí Débora Emi Mitsunaga, a primeira brasileira descendente de japoneses a ser eleita Miss Nikkey Internacional.
1976 Nascia em Campinas-SP o músico Christian Ricardo Guerreira dos Reis.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO