SILVA, MARIA RITA DA

(Extrema-MG, 13/11/1953) – Contista, romancista e compositora. Cursou o 1º e 2º graus nas Escolas Padre Anchieta e Enfermagem no antigo Ginásio Estadual de Vila Arens (GEVA). Começou a revelar-se como contista em 1970, participando de concursos promovidos pela revista Nova. Em 1981, Maria Rita fez sua estreia como compositora, obtendo a primeira colocação no festival de música da Gincana Padre Anchieta. Em 1982, foi premiada novamente na GIPA, com o segundo lugar em composição. Também foi classificada em concurso de poesias da Casa do Novo Autor e representou o município de Várzea Paulista na sétima edição do Mapa Cultural Paulista (2001). É autora dos romances As Pedras do Meu Castelo (publicado em 2001 pela Literarte), Cravos Vermelhos e Rosas Amarelas, Crepúsculo dos Anjos e O Lado Negro do Branco e do livro de poemas Jardim das Margaridas (inéditos). Além de dedicar-se à enfermagem e à literatura, Maria Rita é praticante de vôlei no Sesão.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 14 de junho de ...
1898 Falecia em Jundiaí, aos 56 anos, Antonio Damásio Santos, o primeiro jundiaiense nato a administrar a cidade com o título de intendente.
1912 Nascia em Jundiaí o pintor Arthêmio Matiazzo.
1924 Nascia em Milão, Itália, o fotógrafo Lívio Tagliacarne.
1928 Nascia no Rio de Janeiro a poetisa Hilda Santos da Silva.
1936 Nascia em Jundiaí o professor e engenheiro naval Dayr Schiozer.
1965 Nascia em Jundiaí a pintora Isabel Cristina Baptistella Araújo.
1986 Falecia em Jundiaí, aos 94 anos, a professora e poetisa Maria de Toledo Pontes.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o artista plástico Issis Martins Roda.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO