SANDOVAL, YEDA SALLES PENTEADO

(São Paulo, 19/6/1933) – Pintora, desenhista e escultora. Assina Yeda Sandoval. Yeda iniciou seus estudos de desenho e pintura com a Profª Fernanda Perracini Milani, vindo a desenvolvê-los, depois, com outros artistas de escultura, estudando com vários mestres de renome. É filiada ao International Sculpture Center (EUA), à Associação Internacional de Artes Plásticas e ao Sindicato dos Artistas Plásticos do Estado de São Paulo. É registrada como artista profissional na Association Internationale des Artes Plastiques, entidade parisiense ligada à Unesco, e faz parte, em Jundiaí, do Grupo Estação Paulista. Está catalogada no Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas, edições de 1998 e 1999 (Celso de Paula, Ed. Literarte, Jundiaí). Cursos: 1986 – Desenho, com o Prof. Dalton de Lucca; 1986 a 1990 – Escultura, com a Profª Semíramis Rosa Mojola; 1987 – Desenho e Pintura, com o Prof. Dalton de Lucca (Pró-Arte – 37º Curso Internacional de Férias (Teresópolis-RJ); 1989 – Aquarela I, com o Prof. Luiz Lundstedt (Casa da Cultura de Jundiaí); 1991 – Pintura, com Maria Paula Pestana Barbosa (Jundiaí); Aquarela II, com Luiz Lundstedt (Casa da Cultura de Jundiaí); 1992 – Desenho, com Dalton de Lucca; 1993 a 1995 – Escultura, com os professores Carlos Arias e Giuliana Pedrazza (MUBE-Museu Brasileiro da Escultura); 1994 – Novos Ícones da Arte no Início do Século XXI, com Jacob Klintowitz (MASP-Museu de Arte de São Paulo); 1995 a 1997 – Escultura, com Semíramis Rosa Mojola (Jundiaí); 1996 – Workshop Sudameris de Arte, com Cláudio Tozzi e Felipe Senatore (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); 1998 – Ateliê Giuliana Pedrazza e Carlos Arias (São Paulo). Exposições: 1991 – Coletiva na Casa da Cultura de Jundiai, expondo três aquarelas; 1993 – Coletiva no MUBE-Museu Brasileiro da Escultura (São Paulo), expondo duas esculturas; 1994 – XIX Coletiva de Artes Plásticas do Centro Cultural Tao Sigulda (Campo Limpo Paulista), expondo quatro esculturas; 1995 – XX Coletiva de Artes Plásticas do Centro Cultural Tao Sigulda (Campo Limpo Paulista), expondo três esculturas; 1996 – 25ª Exposição de Artes Plásticas Bunkyo, da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (São Paulo), participando com uma escultura; XXII Coletiva de Artes Plásticas do Centro Cultural Tao Sigulda (Campo Limpo Paulista), expondo três esculturas; Expressiva – Coletânea de Pinturas e Esculturas (Delínea, São Paulo), expondo três esculturas; 1997 – Mapa Cultural Paulista, Fase Municipal, com três esculturas (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); Coletiva no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, expondo uma escultura; Manhattan Art Show (Nova Iorque, EUA), expondo uma escultura; Flórida Art Show (Miami-EUA), expondo uma escultura; Salão Memorial JK (Brasília-DF), expondo uma escultura; 26ª Exposição de Artes Plásticas Bunkyo da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (São Paulo), participando com uma escultura; Anima Madrid (Casa do Brasil, Madrid-Espanha), expondo três esculturas; 1998 – 1ª Arte Mix (Tênis Clube Jundiaí), expondo três esculturas; 1º Salão Oficial de Artes Plásticas e Design – promoção da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História (Lar Center, São Paulo), expondo uma escultura; 27ª Exposição de Artes Plásticas Bunkyo, da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (São Paulo), participando com duas esculturas; Exposição do Ateliê Giuliana Pedrazza e Carlos Arias (Sala de Artes Plásticas do Clube Paulistano, São Paulo). Ainda em 1998, Yeda Sandoval tomou parte na 1ª Seleção de Arte Pública, promovida pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Jundiaí, na qual foram escolhidos dois projetos seus para esculturas em praça pública. Em 1999, participou do I Salão Oficial de Inverno da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História, em Campos do Jordão, expondo duas esculturas. Expôs, também, no Arte Mix do Tênis Clube e na coletiva Arte da Cidade (como convidada) no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí. De dez/1999 a mar/2000 participou da exposição Jundiaí: Educação com Arte, no Complexo Cultural Argos. Premiações: Medalha de Bronze no Manhattan Art Show (Nova York-EUA, 1977); Medalha de Bronze no Flórida Art Show (Miami-EUA, 1977); Representação de Jundiaí no Mapa Cultural Paulista-97; Menção Honrosa no 1º Salão Oficial de Artes Plásticas e Design (Lar Center/ABRACH, 1998). Yeda integra, em Jundiaí, o grupo Estação Paulista de artistas plásticos, com o qual tem tomado parte em numerosas exposições.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de abril de ...
1875 Nascia em Petrópolis-RJ o músico Eduardo Tomanik.  
1929 Nascia em Jundiaí o cantor Durval de Brito Salles.
1957 Nascia em Jundiaí o violeiro e violonista Lázaro Purgato, conhecido como Corvo Branco ou Corvo Campeiro.
1959 Nascia em Itatiba-SP a pintora Elisabeth Fontana Suzan.
1971 Nascia em Jundiaí Débora Emi Mitsunaga, a primeira brasileira descendente de japoneses a ser eleita Miss Nikkey Internacional.
1976 Nascia em Campinas-SP o músico Christian Ricardo Guerreira dos Reis.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO