RICCI, ARTHUR

(Vinhedo-SP, 10/12/1903 +Jundiaí, 19/9/1984) – Clérigo. Foi também, orador, poeta, músico e artista plástico. Filho dos imigrantes italianos Filomena Saracini e Serafim Ricci, fez seus estudos elementares em Vinhedo. Aos 10 anos, foi encaminhado ao Seminário Menor Metropolitano de Pirapora, de onde seguiu para o Seminário Provincial de São Paulo, permanecendo de 1921 a 1923. Depois de cursar Teologia e Direito Canônico no Colégio Pio Latino-Americano, de Roma, foi ordenado sacerdote, em 30 de outubro de 1926, em cerimônia presidida pelo Cardeal Pompilli, em São João de Latrão, a chamada Catedral de Roma. Doutorou-se na Universidade Gregoriana de Roma, com a defesa da tese A Concepção da Cosmologia no Gênesis Escrito por Moisés. No dia 1º de novembro de 1926, rezou sua primeira missa na capela de Santa Terezinha, das Irmãs Carmelitas. Em setembro de 1927, fez sua primeira celebração em solo pátrio, na própria Rocinha (atual Vinhedo), onde nasceu. Ainda nesse ano, foi designado coadjutor de Monsenhor Marcondes Pedrosa, na Paróquia de Santa Cecília, bairro de Higienópolis, de onde, no início de 1930, transferiu-se para Jundiaí, para substituir o padre João Batista Monti, que se afastara por motivo de doença. Em maio de 1930, assumiu como pró-pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Desterro e, em dezembro de 1932, assumiu definitivamente o cargo de vigário da Matriz. Monsenhor Arthur Ricci notabilizou-se, por sua oratória, em sermões e conferências, tais como a realizada em 24 de março de 1935, no Carmelo São José, sob o título Cristo e Seus Triunfos, e o Sermão da Agonia, proferido por ele na Sexta-feira Santa de 1940. Destacou-se, também, por sua atuação na imprensa, inclusive chegando a dirigir o jornal O Idealista, em1936, e foi, ainda, um amante da poesia, da música e da pintura, produzindo várias obras nessas áreas.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 16 de junho de ...
1927 Nascia em Jundiaí o escritor jurídico e fotógrafo amador Walter Campaz.
1952 Nascia em Morungaba-SP a contista, cronista e artista plástica Maria Helena de Paula Gomes Dias (Lena).
1966 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o professor João Duarte Paes.
1982 Falecia em Jundiaí, aos 47 anos, o professor, jornalista e radialista Nelson Álvaro de Figueiredo Brito.
1987 Falecia em Jundiaí, aos 83 anos, o intelectual autodidata Walter Gossner.    
2023 Falecia em Jundiaí, aos 82 anos, o advogado, radialista e professor universitário Reinaldo Ferraz de Barros Basile.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO