MUZAIEL, TOBIAS

(Jundiaí, 6/1/1933 +24/7/2010) – Radialista, jornalista e empresário do setor de comunicações. Filho de Feres José Muzaiel e Zaquias Muzaiel. A partir de atividades exercidas na Rádio Difusora Jundiaiense (antiga ZYE-6) e no jornal A Folha, do final dos anos 1940 ao início dos anos 60, Tobias Muzaiel estabeleceu em Jundiaí um verdadeiro império no setor de comunicações, chegando a possuir, a um só tempo, dois jornais diários, além da própria Rádio Difusora. Sua projeção como radialista e publicitário teve início nos anos 50, quando passou a comandar os concorridos programas de auditório, em que se apresentavam calouros jundiaienses e ídolos do rádio paulista, como Hebe Camargo, Jair Rodrigues, Lolita Rodrigues e Cauby Peixoto, superlotando o Cine Theatro Polytheama nas manhãs de domingo. Ainda nessa década, também atuou como garoto propaganda, anunciando, ao vivo, na antiga TV Paulista, diversos produtos de marcas famosas. Nos anos 60, morto o principal acionista da Difusora, Padre Adalberto de Paula Nunes, Tobias assumiu o comando da rádio e, mediante a aquisição das cotas de outros acionistas, dela se tornou proprietário. Ainda nos anos 60, após dar por encerradas as atividades do jornal A Folha, Tobias lançou o Jornal de Jundiaí (21/2/1965), com ele fazendo surgir a poderosa Organização JJ-Difusora. Três anos mais tarde, mediante transação com o jornalista Paulo Marques, tornava-se proprietário também do Diário de Jundiaí (out/1968), até então o seu único concorrente na imprensa diária. Pouco mais tarde, fechando esse diário, investiu na modernização do parque gráfico e na equipe de profissionais do JJ, tornando-o um dos principais veículos de comunicação do interior do Estado de São Paulo. Por fim, em 1994, transferiu o comando do jornal a seus filhos Suely Muzaiel, Tobias Júnior e Siomara Muzaiel, para dedicar-se somente aos negócios da rádio. A emissora, que por cinco anos ficara arrendada à Igreja Universal do Reino de Deus, voltou para o seu comando no final de 2002. Ao longo dessa jornada de mais de 50 anos, Tobias atuou, inúmeras vezes, como apresentador e mestre de cerimônias em eventos realizados no Cine Theatro Polytheama, no Clube Jundiaiense, no Grêmio Recreativo C.P., no Restaurante Balaio e no Restaurante Passarin, onde, durante anos seguidos, promoveu a festa de entrega do Troféu Curinga a personalidades de destaque nos meios social, artístico, cultural, político e econômico de Jundiaí. Também, nesse período, fez várias viagens ao exterior e realizou diversos cursos, graduando-se, em nível superior, nas áreas de Direito e de Comunicações. Sua biografia autorizada, segundo revelou alguns anos antes de falecer, seria publicada por seu sobrinho Carlos Camilo Abumrad, que atua no ramo editorial em São Paulo.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO