MELO, CLÁUDIO ANTONIO DE OLIVEIRA

(Jundiaí, 19/12/1956 +31/7/1997) – Ator, autor e diretor teatral. Filho de Antonio Carlos de Oliveira Melo e Arlinda dos Anjos. Desde a juventude até seu falecimento, Cláudio Melo dedicou-se de corpo e alma à dramaturgia, ora interpretando e escrevendo, ora dirigindo ou promovendo espetáculos. Notabilizou-se sobretudo, por seu trabalho na formação de novos atores e nesta atividade, foi responsável pela implantação de cursos profissionalizantes nas Escolas Padre Anchieta (1983, 1986 e 1987) e no Colégio Divino Salvador (1990/91) e, depois, na Casa da Cultura (1991/92). Em 1992, associou-se a Celso de Paula e Ricardo Grasson para a fundação da EADJ-Escola de Arte Dramática de Jundiaí, na qual exerceu as funções de professor e diretor técnico. Um ano depois, juntamente com Grasson, fundou o Teatro-Escola Cláudio Melo, que foi mantido em atividade até pouco antes de sua morte. Seu primeiro trabalho no palco data de 1975, com atuação na peça A Procura. Seguiram-se depois, os seguintes espetáculos, em que teve participação como ator, diretor ou autor: 1976 – No Propósito do Ser; 1980 – Luzes na Neblina, Os Autênticos; 1981 – O Silêncio Marcado; 1983 – A Terceira Margem, Projeto Musical Curió; 1984 – Em Uma Pauta de Cristal; 1986 – Céu de Todos, Estrelas de Alguns; 1989 – O Aniversário da Pantera Cor-de-rosa; 1990 – A Queda para o Alto, de Sandra Mara Herzer; 1991 – Cais Escuro; 1992 – O Santo Inquérito, de Dias Gomes; A Invasão, de Dias Gomes; Um Homem no Sótão, de Ricardo Azevedo; Eis-me Aqui; Favos de Fel; O Planeta dos Palhaços, de Pasqual Lourenço Teudecht; 1994 – Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado; Saló, Salomé (direção de Emílio Gama); Os Sete Gatinhos, de Nelson Rodrigues; Favos de Fel (de sua autoria); 1995 – Os Sete Gatinhos; A Peste, de Albert Camus; Inri (de sua autoria); 1996 – Aladin e o Anel Mágico. No trabalho com alunos das Escolas Padre Anchieta, dirigiu as seguintes montagens: 1983 – Repulso; 1986 – Romeu e Julieta; A Formiga e a Cigarra; 1987 – Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto. Com os alunos do Colégio Divino Salvador, seu Projeto-escola resultou na montagem de 15 peças: 1990 – Esperando Godot, de Samuel Beckett; O Arquiteto e o Imperador da Assíria; Aquilo, de Ricardo de Azevedo; Nossa Rua tem um Problema; A Cabra Cabrez; Filhos do Silêncio; Em Uma Pauta de Cristal; O Enigma da Televisão; 1991 – A Essência da Mulher; O Roubo do Museu; Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado; A Cor; Flicts; O Enigma das Estrelinhas. Em sua escola, no Anhangabaú, funcionou um teatro de bolso, onde estrearam muitos dos atuais atores.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO