MARTINHO, ERAZÊ

(Jundiaí, 18/3/1933 +1º/4/2006) – Cronista, poeta e compositor. Formado em Pedagogia pela Unicamp, chegou a lecionar em escolas de Jundiaí, de 1955 a 1961. Nesse mesmo período, iniciou suas atividades na imprensa, mantendo, por quatro anos (de 1957 a 1961), uma coluna diária no jornal O Jundiaiense. Da década de 60 até 1987, desenvolveu bem-sucedida carreira como publicitário, trabalhando com algumas das maiores agências de propaganda do País. Em 1975, integrou o grupo que implantou na cidade o Jornal de 2ª Feira, transformado, em 1978, no diário Jundiaí Hoje, no qual permaneceu colaborando até o fechamento. Também escreveu para o Jornal da Cidade e para o Jornal de Jundiaí e foi redator-chefe do Jornal do Povo, de Várzea Paulista, de 1997 a 1999. Foi, ainda, colaborador da revista Status Humor, da Editora 3. Ligado, desde a juventude, ao movimento artístico e cultural da cidade, Erazê destacou-se, na década de 50, como um dos organizadores dos primeiros festivais de música popular do Clube Jundiaiense e, nas décadas seguintes, como compositor de sambas e marchas-enredo para os blocos carnavalescos Estamos na Nossa e Refogado do Sandi. Para o Refogado, fundado por ele em 1994, compôs, entre outras, a marcha-enredo Cacilda, Nossa Fascinação, que foi apresentada na abertura do carnaval de rua de 2001, homenageando a cantora Cacilda Rezaghi Romero. Teve atuação também, na vida pública, sendo candidato a prefeito em 1976, pelo antigo MDB, e exercendo três mandatos de vereador (de 1983 a 1996) pelo Partido dos Trabalhadores. Em 2000, parte da sua colaboração no Jornal de 2ª foi incluída no livro Crônicas de 2ª (com pufs! de 1ª), publicado pela editora Literarte. Em 2003, Erazê teve publicado pela editora Boitempo o livro biográfico Carlito Maia: a irreverência equilibrista. Seus poemas e crônicas estão reunidos no livro-homenagem Um beijinho do Erazê, publicado em 2018, com organização a cargo de Sumara Fernanda Mesquita.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO