MANTOVANI JR., LUIZ CARLOS

(Jundiaí, 15/6/1973) – Violonista. Luiz Mantovani iniciou os estudos de violão em Jundiaí, nos anos 1980, com o professor Antonio Carlos Guedes. De 199l a 1993, estudou Composição na Universidade de Campinas e, a seguir, bacharelou-se em violão na Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob orientação de Nicolas de Souza. Aperfeiçoou-se em festivais e masterclass, com os violonistas Henrique Pinto, Paulo Porto Alegre, Paulo Bellinati, Edelton Gloeden, Fábio Zanon, Eduardo Fernandez, Alice Artzt e David Starobin, entre outros. Em 1992, como bolsista da Academia de Arte de Roma, participou do Anzio Festival, onde teve como orientador Bruno Battisti D’Amario. Conquistou, no Brasil, a primeira colocação em três concursos nacionais de violão: Concurso São Judas Tadeu para Jovens Instrumentistas (São Paulo, 1990), Concurso Nacional de Violão Souza Lima (São Paulo, 1991) e Concurso Nacional de Violão da Fundação Nelson Allam (Rio de Janeiro, 1996). Foi o único violonista a se classificar para as semifinais do VII Prêmio Eldorado de Música (São Paulo, 1995) e o segundo colocado no I Concurso Nacional Talentos Rádio MEC (Rio de Janeiro, 1996). Tais resultados o levaram às primeiras apresentações internacionais em maio de 1997, quando tocou no interior da Inglaterra e em Londres, em concerto organizado pela Embaixada Brasileira. Nessa ocasião, a revista inglesa Classical Guitar Magazine assim se referiu à sua performance: “Mantovani é capaz de proezas cintilantes (…). Esta performance revelou-se uma considerável promessa”. Tendo na música de câmara uma de suas atividades preferidas, Mantovani desenvolveu, ao longo de oito anos, um trabalho em duo com o flautista jundiaiense Michel Rodrigo Francisco de Paula, com o qual venceu o V Concurso Nacional de Música de Câmara Santa Marcelina (São Paulo, 1993) e gravou um CD com a obra inédita Vitrais, do compositor brasileiro Raul do Valle. Em 1998, lançou o CD solo Appassionata. Como primeiro e único violonista do mundo a conquistar uma vaga no prestigioso curso Artistic Diploma do New England Conservatory Of Music, de Boston, ali obteve, em 2000, o grau de Mestre com distinção máxima. Em agosto de 2001, passando férias no Brasil, Mantovani apresentou-se no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí e na Sala Glória Rocha – na comemoração dos 30 anos da EMJ – e também na Sala Cecília Meirelles, no Rio de Janeiro. Em janeiro de 2002 se apresentou com a Boston Modern Orchestra na Jordan Hall, nos Estados Unidos. Em 2003 realizou concertos em Heidelberg, na Alemanha, e no Brasil participou da segunda edição da série Concertos Comentados, que visa aproximar o público da produção erudita. Também, em 2003, iniciou curso de doutorado no Instituto de Artes da Unicamp.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO