LUIZ, ÉMERSON EDUARDO

(Jundiaí, 1/2/1971 +São Paulo, 20/7/2001) – Ilustrador e criador de histórias em quadrinhos e livros infantis. Iniciou seus estudos em artes plásticas em 1987, cursando Desenho e Pintura com Issis Martins Roda. Participou, nesse período, de eventos culturais e exposições em Jundiaí. Após concluir um curso de roteiro, em 1990, passou a trabalhar como roteirista e desenhista de histórias em quadrinhos. Foi vice-presidente da Associação dos Artistas Plásticos de Jundiaí, na gestão de 1991/92, período em que colaborou na organização de vários eventos. Ingressou na Universidade de Campinas em 1992, e bacharelou-se em 1996, na Área de Artes Plásticas. Em 1993 passou a fazer parte do corpo docente do Senac, ministrando cursos de Desenho e História em Quadrinhos nas unidades de Jundiaí e de Campinas. Dentro dessa instituição, organizou diversos eventos, como o Salão Nacional de HQ/Senac e o Salão Senac de Histórias em Quadrinhos, realizados, respectivamente, em 1993 e 1994. Como ilustrador publicitário, trabalhou para diversas agências de Jundiaí e de São Paulo. Em busca de atualização e novos conhecimentos em sua área, participou de congressos e seminários, como o simpósio Arte Ciência, promovido pela USP em 1995, e o Arte/Cidade, desenvolvido na Estação Júlio Prestes, em São Paulo, também em 1995. Em 1996, atuou na organização das exposições: Prestenção – realizada no Centro de Convivência Cultural – e Traços e Desígnios, no Espaço de Arte Senac, em Campinas, e foi membro da comissão organizadora da mostra de arte comemorativa da reinauguração do Teatro Polytheama. Prestou serviços à Editora Lazulli, na capital, e à Literarte, em Jundiaí, na criação e ilustração de livros. Participou das seguintes exposições coletivas: 1988 – Projeto Jundiaí Hoje (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); Festival de Cultura (Casa da Cultura de Jundiaí); 1989 – Exposição de Pinturas e Desenhos (Casa da Cultura de Jundiaí); 1991 – Mostra do grupo Art’s Dream (Casa da Cultura de Jundiaí e Sociedade Recreativa Itupeva-SP); Festival de Desenho (Casa da Cultura de Jundiaí); I Salão Nacional do Humor de Jundiaí (Centro das Artes); 1992 – Prima Maia (Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas-SP); II Mostra do Projeto O Poeta é Você (Casa de Cultura de Jundiaí); Images About Youth’s World: Sound Trendes and Feelings (La Testata, Arezzo, Itália); I Mostra Internacional de Arte Postal Reciclat (Teller del Sol, Terragona, Espanha); 1993 – II Bienal Internacional de Histórias em Quadrinhos (Centro Cultural dos Correios, Rio de Janeiro); Coletiva de Artes Plásticas (Paineiras Center, Jundiaí); 1994 – Semana Cultural (Centro das Artes, Jundiaí); 1995 – Hiroshima, Nagasaki (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade de Campinas-SP); Propostas de Desenho (Galeria de Arte da Unicamp, Campinas-SP); 1996 – Tribás (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo PUC-Campinas-SP); 3 Cannis – Exposição de Pinturas (Paço do Artista, Centro de Comunicação e Artes In Touch, Campinas-SP); Mostra de Formandos (Galeria de Arte da Unicamp, Campinas-SP). Performances: 1995 – Movimentos, Desenho e Dança – Arte Universidade (Estações: Consolação, Paraíso e Ana Rosa – Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos (São Paulo); Movimentos: Desenho e Dança – Arte Universidade (Estações: República, Santa Cecília e Barra Funda – Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos (São Paulo); 1996 – Happening – Trilhas’Bar (Campinas-SP); 1997 – Action Painting – Unicamp em Revista (Universidade Estadual de Campinas-SP). Individual: 1998 – Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí). Obras publicadas: Capa do livro O Ditador dos Emboadas, de Euler R. Buzá Faro (Ed. Literarte, Jundiaí, 1991); Capa do livro Um Filho Muito Especial, de Maria Aparecida Pereira (Ed. Literarte, Jundiaí, 1995); Ilustrações do livro Poeta Aprendiz (Companhia Lazulli, São Paulo, 1999), criação e ilustração do livro A Cor tem Alma (Companhia Lazulli, São Paulo, 1999, coautoria); Capa do Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas-98 (Ed. Literarte, Jundiaí, 1998). Émerson faleceu prematuramente, em acidente automobilístico. É citado no Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas, edições de 1997, 1998 e 1999.

Páginas de A Cor Tem Alma.
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de abril de ...
1875 Nascia em Petrópolis-RJ o músico Eduardo Tomanik.  
1929 Nascia em Jundiaí o cantor Durval de Brito Salles.
1957 Nascia em Jundiaí o violeiro e violonista Lázaro Purgato, conhecido como Corvo Branco ou Corvo Campeiro.
1959 Nascia em Itatiba-SP a pintora Elisabeth Fontana Suzan.
1971 Nascia em Jundiaí Débora Emi Mitsunaga, a primeira brasileira descendente de japoneses a ser eleita Miss Nikkey Internacional.
1976 Nascia em Campinas-SP o músico Christian Ricardo Guerreira dos Reis.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.
1985 Nascia em Jundiaí o ator e diretor teatral Ricardo Luiz Grasson.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO