LADEIRA, JOAQUIM ANTONIO

Campinas, 2/5/1864 – Jundiaí, 20 de Março de 1933 – Professor. Segundo de quatorze filhos de Antonio Mauricio Ladeira e de dona Maria do Carmo Martins Ladeira, Joaquim Antonio Ladeira foi aprendiz de tipógrafo e, depois, tipógrafo no Jornal “Gazeta de Campinas”, enquanto se preparava para cursar o magistério, seguindo sua vocação. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo, onde fez seus estudos no Instituto Caetano de Campos, formando-se em 1889. Em janeiro de 1890, foi nomeado professor da Escola de Rebouças (atual município de Sumaré), onde tomou posse em 1º de Fevereiro. Em julho de 1892, foi removido para a Escola Normal de Jundiaí, porém, mediante permuta, acabou seguindo para Santa Cruz de Campinas, onde permaneceu até o final 18/2/1897, quando foi nomeado 1º professor do Grupo Escolar de Campinas. Em junho de 1899, transferiu-se para Rio Claro, onde foi professor e depois diretor do Grupo Escolar Cel. Joaquim Salles. Nos seis anos que permaneceu em Rio Claro, Joaquim Ladeira também se dedicou ao trabalho voluntário, como vicentino, tornando-se responsável pela fundação do Asilo dos Pobres e da Conferência de São Bento. A etapa seguinte da sua carreira foi comprida na cidade de Leme, onde dirigiu o Grupo Escolar Cel. Augusto César de 2 de março de 1906 a 8/4/1907, quando foi removido para o Grupo Escolar Cel. Siqueira de Moraes, em Jundiaí, cuja direção veio a assumir em 14/4/1907. Joaquim Ladeira seguiu como diretor deste colégio até de abril de 1929, quando foi transferido para o Grupo Escolar Conde de Parnaíba, onde se aposentaria em 7/1/1931. Também em Jundiaí Joaquim Ladeira dedicou-se ao trabalho voluntário, tendo se tornado membro do Conselho de Assistência e Proteção de Menores de Jundiaí em 1928. Também lecionou na Escola Apostólica do Divino Salvador, hoje, Colégio Divino Salvador em Jundiaí.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 14 de junho de ...
1898 Falecia em Jundiaí, aos 56 anos, Antonio Damásio Santos, o primeiro jundiaiense nato a administrar a cidade com o título de intendente.
1912 Nascia em Jundiaí o pintor Arthêmio Matiazzo.
1924 Nascia em Milão, Itália, o fotógrafo Lívio Tagliacarne.
1928 Nascia no Rio de Janeiro a poetisa Hilda Santos da Silva.
1936 Nascia em Jundiaí o professor e engenheiro naval Dayr Schiozer.
1965 Nascia em Jundiaí a pintora Isabel Cristina Baptistella Araújo.
1986 Falecia em Jundiaí, aos 94 anos, a professora e poetisa Maria de Toledo Pontes.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o artista plástico Issis Martins Roda.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO