KOHLER, FRANCISCO

Pioneiro do cinema em Jundiaí. A atuação de Francisco Kohler nessa área remonta ao início do século XX, quando se uniu ao comerciante Miguel Di Franco para explorar a exibição de filmes no Theatro São José, então instalado defronte ao antigo Largo do Rosário (atual Praça Ruy Barbosa). Em 1908, desligando-se dessa empresa, associou-se a Williams Knox para montar o Pavilhão Paulista, em um terreno ao lado da Empreza de Luz e Força, no início da Rua Barão de Jundiaí. Decorridos três anos, era o referido pavilhão (de lona) substituído por outro (de alvenaria), que veio chamar-se Polytheama. Passados alguns meses, Kohler deixou essa empresa para adquirir o Cine Rink, que funcionava na Rua da Padroeira. Por fim, em 1919, associou-se a Nicomedes Corrêa, Rosário Bruno e Tibúrcio Estevam de Siqueira, para fundar o Cine Ideal, ocupando um pavilhão construído nos fundos do Grêmio C.P.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 16 de junho de ...
1927 Nascia em Jundiaí o escritor jurídico e fotógrafo amador Walter Campaz.
1952 Nascia em Morungaba-SP a contista, cronista e artista plástica Maria Helena de Paula Gomes Dias (Lena).
1966 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o professor João Duarte Paes.
1982 Falecia em Jundiaí, aos 47 anos, o professor, jornalista e radialista Nelson Álvaro de Figueiredo Brito.
1987 Falecia em Jundiaí, aos 83 anos, o intelectual autodidata Walter Gossner.    
2023 Falecia em Jundiaí, aos 82 anos, o advogado, radialista e professor universitário Reinaldo Ferraz de Barros Basile.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO