KACHAN, CÍNTIA LADEIRA

Apresentação da bailarina jundiaiense no final dos anos 1990

(Jundiaí, 6/10/1970) – Bailarina. Nome artístico: Cíntia Ladeira. Filha de José Carlos Costa Ladeira e Vera Beatriz Gobbi. Estudou balé clássico (1979) e sapateado (1984) com Sérgio Bruno, na Sociedade de Música Pio X (Jundiaí); balé clássico e alongamento com o professor Muni Carnewall, no Ballet Halina Biernacka (São Paulo, 1985); balé clássico, com Halina Biernacka; alongamento com Gisele Bellot; sapateado com Sérgio Bruno e jazz com Maísa Tempesta, no Centro de Dança Halina Biernacka (São Paulo, 1987). Desde 1989 prossegue seus estudos de balé clássico e alongamento no Centro de Dança Gisele Bellot. Teve ainda como mestres: Tíndaro Silvano, Ismael Guiser, Sacha Svetloff, Leidir Scobar, Laura Alonso, Nuirka Naranjo, Pablo Moret, Ivan M. Alonso, Waldomiro Pires, Lela, Eraldo Fonseca, Serguei Alexandrov, Roumen Rachev, Gisela Wehle-Uhlman, Hans Georg Uhlman, Slawa Mouklamedov e Steven Harper. Entre 1987 e 1989 integrou o Ballet Clássico de São Paulo, sob direção de Halina Biernacka. Depois de breve passagem pelo grupo Emoção Cia. de Dança (ligado à Sociedade de Música Pio X), passou a integrar o Grupo Dans la Danse, no qual permanece desde o início dos anos 1990, dançando o clássico, o neoclássico, o moderno e o contemporâneo, sob direção de Gisele Bellot. Também atua, desde 1987, como professora e coreógrafa. É diretora artística do grupo Tap and Dreams desde 1984 e atua como assistente de direção artística no Centro de Dança Gisele Bellot. Fez apresentações nos teatros Brás Cubas (Santos), Sérgio Cardoso (São Paulo), Dias Gomes (São Paulo), Paulo Eiró (São Paulo), João Caetano (São Paulo), Castro Mendes (Campinas), Municipal de São Paulo, Municipal de Santo André, Municipal de Catanduva, Municipal de Americana, Municipal de Franca, Municipal de Batatais, Municipal de Salto, Sala Glória Rocha (Jundiaí), entre outros. Outras participações: II, IV, V, VI e VII Mostras de Dança do E.C. Pinheiros (São Paulo, 1989 e 1991/94); Aniversário do E.C. Pinheiros (1989); Semana do Músico de Jundiaí (1989); Encontro Nacional de Dança-Enda (São Paulo, 1989 a 1998); MPB Dança (Campinas, 1989); Enredança (Jundiaí, 1989 e 1990); II Semana da Dança do Colégio Diocesano (São Paulo, 1990); Festival de Gala da Sociedade de Música Pio X (1990); 1ª Mostra de Dança de Americana (1990); I Encontro de Dança de Barueri (1991); II Encontro de Academias (São Paulo, 1991); I Sind-Dança de Caieiras (1991); IV Mostra de Dança do E.C. Pinheiros (São Paulo, 1991); III Mostra Brasileira de Dança (São Paulo, 1991); Festival Capézio (São Paulo, 1991/95); I Festival Promodança (São Paulo, 1992); Agenda 92 (São Paulo, 1992); II Festival de Inverno de São Roque (1992); III Mostra de Dança do Clube Holms (São Paulo, 1992); 3º, 4º e 5º Festdança de São José dos Campos (1992/94); II, III, IV e V Maxi Dança (Jundiaí, 1993/96); 3º, 4º e 5º Festivais de Dança de Pirassununga (1993/95); 5ª Mostra de Dança de Americana (1993); II Rune em Noite de Gala (Araras, 1994); III Encontro de Dança da Primavera (Jundiaí, 1994); 1º Passo de Arte de Santo André (1994); VIII Festival de Dança do Triângulo Mineiro (1994); Melhores da Dança 95 (Rio Claro, 1995); JAD 95 (Jacareí, 1995); I Convenção de Dança de Paulínia (1995); I Encontro Coreográfico Criarte (São Paulo, 1995); 3º Festival do Mercosul (Bento Gonçalves-RS, 1995); I Festival Clássico de São Paulo (1995); V Seminário Internacional de Brasília (1995); I Festival Tom Brasil de Dança (1995); Festival Promodança (Suzano, 1996); Grand Prix Brasil de Dança (1996); I ABCD’Arte (São Caetano do Sul, 1996); Passo de Arte Classique (Santo André, 1996); III Fórum de Dança (São Paulo, 1996); Pão & Poesia (Jundiaí, 1996); Reabertura do Teatro Polytheama (1996); Festival Internacional de Dança (São Paulo, 1998). Em 1997 Cíntia Ladeira participou da temporada do Grupo Dans La Danse com o espetáculo Sobre Tua Grande Face, que teve a participação de solistas do Ballet Stanislavski, de Moscou, e em 1999 participou da temporada do grupo no Teatro Paulo Eiró. Principais premiações como bailarina, até 2000: 1º lugar em jazz amador no MPB Dança (1989, espetáculo Brasil Mostra a Tua Cara); Prêmio Melhor da Noite no 4º Enredança (1989, espetáculo Revoar); 1º lugar em neoclássico amador no Enda (1990, espetáculo Revoar); Prêmio Melhor da Noite no 5º Enredança (1990, espetáculo Sentimentale); 1º lugar em neoclássico amador no Festival Capézio (1992, espetáculo Revoar); 1º lugar em contemporâneo amador no 11º Enda, fase estadual (1992, espetáculo Octeto); 1º lugar em neoclássico amador no 13º Enda, fase estadual (1993, espetáculo Noturno); 1º lugar em neoclássico no 5º Festdança (1994, espetáculo Imagens); 1º lugar em neoclássico profissional na I Convenção de Dança de Paulínia (1995, espetáculo Noturno); 1º lugar em neoclássico profissional no I Encontro Coreográfico Criarte (1995, espetáculo Plasir); 1º lugar em neoclássico adulto no III Festival do Mercosul (1995, espetáculo Sonata); 1º lugar em conjunto de repertório amador II (espetáculo Paquita), em conjunto de repertório semiprofissional (espetáculo La Vivandieri) e em variação de repertório amador II (espetáculo O Corsário), no I ABCD’Arte (1996); 1º lugar em conjunto neoclássico profissional (espetáculo Sonata) e 1º lugar em festival de solos (espetáculo Variação de O Corsário) no 15º Enda (1996). Principais premiações como coreógrafa: 1º lugar no Festival Infantil (1994, espetáculo Tarantela Napolitana); 1º lugar no MPB (1995, espetáculo Aquarela Brasileira); 1º lugar no Prêmio Infantil São Paulo (1995, espetáculos Pineaple Poll e Aquarela Brasileira); 1º lugar no Festival de Solos a Cinq. (1995, espetáculo Pajens); 1º lugar no Enredança (1995, espetáculo Tributo a Charlie Chaplin); 1º lugar no Festival Promodança de Suzano (1996, espetáculos Passeio e Moranguinhos); 1º lugar no Festival Promodança de Suzano (1996, espetáculo Tributo a Charlie Chaplin); 1º lugar no ABCD’Art (1996, espetáculo Cotton Eye Joe); 1º lugar no Festival de Inverno de Campos do Jordão (1997, espetáculo Aquarela); Prêmio Melhor da Noite (Júri Técnico) no Enredança (1997, espetáculo Aquarela); 1º lugar no Festival Mirindança de Jundiaí (1999, espetáculo Atraente); 1º lugar no Festival Promodança Solos a Cinq. (1999, espetáculo Flautista).

Cíntia Ladeira e Tony Dhemar
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO