JANCZUR, JOÃO JOSÉ

(Jundiaí, 20/2/1915 +22/11/2000) – Fotógrafo e cinegrafista. João Janczur começou a lidar com a câmara fotográfica ainda menino, seguindo os passos do pai, o alemão Alexandre Janczur, que em 1920 se tornou arrendatário da loja Photographia Allemã e em 1928 fundou em Jundiaí a Photographia Ideal, ambas na Rua do Rosário. Na época, as máquinas eram construídas por eles mesmos, só recebendo prontos os respectivos foles, que eram importados. Para que João tivesse um bom êxito na carreira, o pai mandou-o para São Paulo, a fim de estagiar com Max Rosenfeld, considerado, então, o melhor fotógrafo de todo o Estado. Em 1932, quando irrompeu a Revolução Constitucionalista, João Janczur alistou-se como voluntário e atuou durante os seis meses do conflito como fotógrafo aéreo. Ao término da Revolução, encontrava-se no Paraná. Retornando a Jundiaí, fotografou o Bar do Rosa sendo metralhado pelos soldados fiéis ao governo que haviam entrado na cidade. Em 1946, com a morte de sua esposa Maria Aparecida, Janczur partiu para Belo Horizonte, onde permaneceu por algum tempo. Ao retornar, passou a trabalhar na Litografia Araguaia, sem, contudo, deixar a fotografia. Dedicou-se a esta arte durante quase 60 anos, registrando com suas câmeras fatos relevantes da vida social, cultural e artística de Jundiaí no século XX. Também atuou no fotojornalismo, realizando marcantes reportagens para a Gazeta Esportiva, Jornal de Jundiaí e Jornal da Cidade. Foram suas as fotos da II Festa da Uva de Jundiaí, realizada no Largo da Santa Cruz, em 1938.  Em 1939, produziu as imagens do filme O Cavaleiro da Serra. Na década de 50, Janczur fez outro filme não falado, baseado em história escrita por Armando Colaferri e para cuja realização, houve a contribuição de Geraldo Tomanik, Guido Adolpho e Dirceu Valentim. Esse filme, em que o enredo girava em torno de uma mina de ouro, chegou a ser exibido em várias escolas de Jundiaí. João e o pai foram os responsáveis pelas principais imagens que Jundiaí conserva de seu passado. Reproduções dessas imagens foram mostradas, em contraste com as atuais, na inauguração do Paço Municipal Nova Jundiaí, em 1988. Em 2001, João Janczur foi homenageado nas exposições Arte na Cidade (Complexo Cultural Argos) e Cenas de Jundiahy (Solar do Barão de Jundiaí).

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO