GUIM, CARMEM CRUZ

(Jundiaí, 2/7/1949) – Artista plástica e arte-educadora. Assina Carmem Cruz. É licenciada em Letras – Português/Francês, com especialização em Linguística e pós-graduada em Literatura Brasileira, pela Universidade São Judas, e em Arte-educação, pela ECA/USP. Em 2000, cursou Monitoria em Museus, no MAC/USP. Seu interesse pelas artes plásticas surgiu na adolescência, quando se tornou aluna da professora Marta Foelkel. Ainda nessa época, estudou três anos com a professora Glória Rocha Genovese, no I.O.A., em Jundiaí. Na década de 70, voltou a experenciar arte com a professora Marli de Marco, mas interrompeu seu trabalho plástico para dedicar-se ao magistério e à literatura. Nos anos 1990, voltou-se novamente para esta área, buscando instrumentalizar-se, teoricamente, no âmbito da Arte Contemporânea. Para tanto, procura embasar-se no contexto histórico, estudando língua italiana no Instituto Michelangelo di Língua e Cultura Italiana e História da Arte na Scuola Leonardo da Vinci, em Firenze-Itália, em 1997. Em 1998/99, estudou Artístico Contemporâneo da ECA/USP, na área de Arte-educação, e frequentou a oficina de Contadora de Estórias ministrada pela Dra. Regina Machado. Em seguida, passou a dedicar-se ao curso de especialização em Monitoria de Museus no Museu de Arte Contemporânea de São Paulo e ao curso de Projetos em Arte coordenado por Miriam Celeste Martins, no Espaço Pedagógico da Unesp, em Campinas. É coordenadora pedagógica da Escola Estadual Paulo Mendes Silva e participa das atividades do Grupo Estação Paulista. Exposições: 1999 – Trajetórias (ECA/USP); 2000 – Coletiva do Grupo Estação Paulista (Espaço do Museu Ferroviário de Jundiaí e Teatro Polytheama); Arte na Cidade (Museu Histórico e Cultural de Jundiaí); 2001 – Grupo Estação Paulista (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa). Participação especial: Semana de Arte Moderna de 1922 no Polytheama, como coordenadora da produção de textos poéticos, a partir da pintura de Tarsila do Amaral (Lua, Abaporu e A Gari), trabalho que gerou o livro Tarsila Nossa Musa, publicado em 1998.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 12 de abril de ...
1898 Nascia em Jundiaí o professor Oscar Augusto Gelli.
1929 Nascia em Jundiaí o ator e bailarino Jayro de Barros Lara.
1935 Nascia em Jundiaí o violonista e luthier Romualdo Russo.
1942 Falecia em Jundiaí o desenhista, projetista e construtor César Ferrari.
1946 Nascia em Casa Branca-SP a pintora Juçara Pimenta de Pádua Colagrossi.
1959 Falecia em Campinas-SP, aos 84 anos, o Padre Felisberto Schubert, reorganizador da Ordem Salvatoriana no Brasil.
1988 Falecia em Jarinu-SP, aos 59 anos, o ator e bailarino Jayro de Barros Lara.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO