GIROLA, BRINER

(Jundiaí, 21/10/79 +20/6/2015 ) – Músico. Briner começou o seu aprendizado musical em maio de 1993 com professor particular e associado a uma influência totalmente punk. Estudou música até março de 1997, sempre tocando em bandas punk e hard rock. Nesse ano, porém, deu uma virada brusca na sua carreira, ao entrar na banda de reggae Los Pablos. Foi quando começou a conhecer outros estilos e adquiriu gosto pelo heavy-metal, participando de diversos projetos paralelos, inclusive, um deles, o cover do Maiden, Simphony Shadow. A separação ocorreu em abril de 1998, quando ele entrou para a Faculdade de Ciência da Computação. Ainda no início do curso, foi convidado por um colega de classe para “tapar o buraco” numa “jam session relâmpago”, na qual conheceu os integrantes da banda Eikásia e com eles acabou se enturmando. Ficou na Eikásia até o final de 2001. Voltando-se, então, para o rock´n´roll mais antigo, juntou-se à banda Chumbo Grosso, onde apresentou uma significativa evolução musical em relação à presença de palco. Depois de sete meses com essa banda, Briner migrou para a Brown Sugar (Rolling Stones Cover), onde prosseguiu tocando até a dissolução do grupo, motivada por um acidente sofrido pelo vocalista/compositor Marcelo Leandro. Antes de morrer, devido a um tumor no cérebro (fez quatro operações antes), dedicou-se ao pop-rock, paralelamente ao trabalho e aos estudos de pós-graduação na área de sua formação acadêmica.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO