GIAROLA, RUBENS

(Jundiaí, 15/11/1940) – Músico. Nome artístico: Rubinho Giarola. Fez sua iniciação na área musical com o contrabaixista Otávio Rossi, que tocava na Orquestra City Swing e ministrava aulas de contrabaixo, violão, cavaquinho, bandolim e violino; especializou-se, entretanto, na percussão, tocando pandeiro, maracás, bongô, bateria, tamborim, caixa de repique e afoxé. Estreou profissionalmente na música em 1956, como ritmista do extinto Jazz Colúmbia, tocando pandeiros e maracás e, mais tarde, bateria. Em 1957 passou a integrar a Orquestra Continental, com a qual viajou para várias cidades do Estado de São Paulo, abrilhantando bailes realizados em clubes. Em 1958, assumindo a função de baterista desta orquestra, participou da animação de bailes carnavalescos em Jundiaí e região. Com o desaparecimento das grandes orquestras, na era da Jovem Guarda, associou-se aos músicos Nezinho Gomes e Aparecido Gonçalves, fundando o grupo Os Fabulosos. Além de Giarola na bateria, fizeram parte desse conjunto: Servilho (ritmista), Miltão (violão de seis cordas), Jaguaré (violão-tenor e guitarra havaiana), Nardinho Nogueira (contrabaixo e cavaquinho), Cidão (pistão), João (sax tenor), Luiz (sax alto), Nezinho Gomes (vocal), Nely (vocal) e Zezinho (acordeão).  Também foi ritmista e baterista da Ézio e Sua Orquestra e, além desta, integrou os conjuntos Recanto da Saudade, Jovino e sua Orquestra, Jazz Band, Léo Florêncio e Djair & sua Banda, animando eventos dançantes, bailes de carnaval e forrós. Foi, contudo, a Orquestra Real, o conjunto em que  permaneceu por maior tempo. Viajou com esse grupo por todo o Estado de São Paulo e também por várias cidades de Minas Gerais, animando bailes de formatura e de carnaval. Finalmente, em 1990, convidado pelo músico Henrique Brunini, que também fizera parte da Orquestra Real, Giarola ingressou na Banda São João Batista, na qual se mantém até os dias atuais.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 20 de julho de ...
1885 Nascia em Itu-SP o músico e maestro José Maria dos Passos.
1938 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, o médico Domingos Anastasio.
1947 Falecia em Jundiaí, aos 41 anos, o Professor João Muto.
2001 Falecia em São Paulo, aos 30 anos, o ilustrador e criador de histórias em quadrinhos e livros infantis Émerson Eduardo Luiz.
2002 Falecia em Jundiaí o ritmista Island Júnior.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada. Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada.
2019 Falecia em Jundiaí o metalúrgico, radialista e ex-vereador Rolando Giarola.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO