CORRADIN, SANDRO

(Ibiúna-SP, 11/2/1965) – Pintor. Fez estudos de Arquitetura e participa de salões e mostras de arte desde a década de 80. Participou, entre outros, dos salões de arte de Santo André, Piracicaba, Araraquara e Sociarte (São Paulo). É citado na Enciclopédia O Saber em Cores (Ed. Maltese), na revista Casa e Jardim (Ed. Abril), no Carnet Nuova Europa (Itália) e no Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas (Literarte, ed. de 1998 e 1999). Tem quadros em coleções particulares na Itália e no Brasil. Sobre sua pintura, escreveu o crítico de arte Wilson Rocha: “A essencialidade da imagem, a noção de superfície e o poder da cor passam por cuidadoso estudo na pintura de Sandro, de rara qualidade estética, de espaços vazios, e admirável pela fantasia e apuro técnico de suas formas de um cromatismo vigoroso e uniforme. Essa síntese perfeita de sua linguagem plástica ordena com exatidão impecável a existência sensível de uma pintura de significado próprio, pintura jovem, muito pura e profunda em sua autêntica espontaneidade, que revive as origens remotas de um patrimônio mitológico. Para Sandro, a psicologia é um campo privilegiado para a ocorrência da imagem essencial, espaço concebido para um retorno à mimese, para o nascimento do ícone ou a evocação dos signos mágicos e emergentes da sabedoria do seu mundo pictórico.” Na Itália, Gigi Perrini, do Il Giorno, descreveu o seu trabalho como “uma pintura lúdica de um cromatismo feliz e vibrante, numa temática essencial”, enquanto Elena Rodrighi, do La Bussola, observou: “Tudo colorido. Tudo simples. Tudo a essência de uma arte tonificante”. Exposições: 1989 – Coletivas em Bozzano, Pádova e Brescia (Itália); 1992 – Coletiva Ponte Cafaro (Brescia, Itália); 1993 – Coletiva Pintura Gráfica (Giardini Naxos; Taordina, Itália); 1994 – Fiera d’Arte Internazionale (Pádova, Itália); 1995 – Coletiva Calore e Poesia (Monteisola, Itália); Galeria G do Shopping Center Gávea (Rio de Janeiro); 1996 – Coletiva Immagini e Fantasia (Bardolino; Verona, Itália); Fiera d’Arte di Vicenza (Vicenza, Itália); Individual na Galeria Aretusa (Taordima, Itália); Coletiva na Galeria Grossman (S. Paulo); 1997 – Coletiva na Galeria de Arte André (S. Paulo); Coletiva Gráfica e Pintura (Biblioteca Comunale; Sirmione, Itália); Coletiva na Galeria G do Shopping Center Gávea (Rio de Janeiro); Fiera Internazionale di Pádova (Itália); Individual na Antagônica (Jundiaí); 1998 – Coletiva de lançamento do Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas-99 (Grêmio C.P., Jundiaí); Individual no Hospital Albert Einstein (S. Paulo); dez/1999 a mar/2000 – Coletiva Jundiaí: Educação com Arte (Complexo Cultural Argos); 2000 – Coletiva no Maxi Shopping Jundiaí; Individual na Galeria Carybé (S. Paulo); 2001 – Arte do Novo Século (Sala de Exposições Cecília Meirelles/Complexo Cultural Argos, Jundiaí); 2003 – Exposição temática da Fórmula 1 (Hilton Hotel, São Paulo). Em 2003, Sandro ilustrou o livro O Sonho Encantado do Menino Sonhador, do poeta Mauro Vaz de Lima, publicado pela Literarte.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 22 de abril de ...
1934 Nascia em Jundiaí a professora e musicista Janet Ferreira Prado.
1966 Nascia em Jundiaí a jornalista, advogada, professora universitária e escritora Kátia Raquel Bonilha Keller.
1970 Nascia em Ouro Verde-SP o ator Vanderlei Dias de Oliveira.  

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO