CIA. PAULISTA DE ARTES

No Exercício da Paixão: 32 prêmios em festivais

Sucessora do Grupo Teatral Jundiaí Presente – este, fundado em 1991, sob liderança da atriz Kátia Zanatta –, a Cia. Paulista de Artes incorpora a experiência acumulada pelos atores remanescentes daquela primeira formação. Conta, atualmente, com quatro integrantes fixos – Aline Araújo, Marcelo Peroni, Rosângela Torrezin e Viviane Iotti –, além de atores convidados. Durante esses anos de atividade, a companhia produziu numerosos espetáculos adultos, infantojuvenis e infantis, com os quais viajou para diversas cidades do País, participando de festivais e apresentando o seu trabalho por meio do Projeto Teatro-Escola. Entre as montagens de maior sucesso do grupo figuram No Exercício da Paixão, adaptado da obra de Nelson Rodrigues, com direção de Jorge Julião, que recebeu 32 prêmios em festivais, e o espetáculo infantil João e Maria, dirigido por Aline Araújo, ambos em cartaz desde 1996. Em 1997, o grupo deu início à montagem de João e o Pé de Feijão, sob direção de Gisela Arantes, buscando repetir o sucesso de João e Maria, que, em dois anos, foi assistido por mais de 15 mil crianças, através do Projeto Teatro-Escola, além de Cinderela, dirigido por Aline Araújo, e Teens, de Renatho Costa (direção de Marcelo Peroni), espetáculo voltado para a juventude, em que são abordados temas como sexo, drogas e qualidade de vida. Entre as montagens mais recentes da Cia. destacam-se Rápidas de Artur de Azevedo – que em 1999 recebeu o Prêmio Estímulo Carlos Miranda, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – com direção de Jorge Julião e direção musical de Cláudia de Queiroz; e Pinóquio, do Projeto Teatro-escola. Um de seus últimos trabalhos, A Pequena Sereia, teve seguidas apresentações na Sala Glória Rocha em 2003. Primeiras peças e premiações: Dias Difíceis Dentro da Dor do Desencontro (texto e direção de Renatho Costa): Melhor Texto do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí, do VII Festival de Teatro da Cidade de São Paulo, do II Festival Nacional de Teatro do Cabo de Santo Agostinho (PE), do II Festival de Teatro de Bragança Paulista e do III Festival de Teatro de Cotia-SP; Melhor Ator (Marcelo Peroni) do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí, do II Festival de Bragança Paulista e do III Festival de Teatro de Cotia-SP; Melhor Atriz (Fernanda Costa) do II Festival de Teatro de Jundiaí e do III Festival de Teatro de Cotia-SP; Melhor Direção do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí e do III Festival de Teatro de Cotia-SP; Melhor Espetáculo do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí. Av. Ipiranga, 1972: Melhor Espetáculo do II Festival de Teatro de Bragança Paulista; Melhor Atriz Coadjuvante (Elaine Braga) do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí e do II Festival de Teatro de Bragança Paulista; Melhor Cenário do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí; Ator Revelação (Felipe Nonato) do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí; Melhor Ator Coadjuvante (Marcelo Peroni) do II Festival de Teatro Amador de Jundiaí. The Best Contra o Homem da Cabine (texto de Renatho Costa e direção de Claudinei Brandão) – Melhor Espetáculo do II Festival de Monólogos de Jundiaí; Melhor Texto do II Festival de Monólogos de Jundiaí e do II Festival de Monólogos da Cidade de São Paulo; Melhor Atriz (Elaine Braga) do II Festival de Monólogos da Cidade de São Paulo e do IV Festival de Inverno da Bahia. Descaminhos (texto e direção de Isabel Cristina) – Melhor Cenário do III Festival de Monólogos de Jundiaí e do IV Festival de Inverno da Bahia; Melhor Iluminação do III Festival de Monólogos de Jundiaí e do IV Festival de Inverno da Bahia; Melhor Maquilagem do III Festival de Monólogos de Jundiaí; Melhor Sonoplastia do IV Festival de Inverno da Bahia. Psicopato (texto de Rosângela Brigoni e direção de Aline Araújo): Melhor Espetáculo do III Festival de Monólogos de Jundiaí e do III Festival de Teatro de Bragança Paulista; Melhor Texto do III Festival de Monólogos de Jundiaí, do III Festival de Teatro de Bragança Paulista e do III Festival de Monólogos da Cidade de São Paulo; Melhor Ator (Marcelo Peroni), do III Festival de Monólogos de Jundiaí e do III Festival de Teatro de Bragança Paulista; Melhor Iluminação e Cenário, do III Festival de Teatro de Bragança Paulista e do III Festival da Cidade de São Paulo. João e Maria (texto de Isabel Cristina e direção de Aline Araújo): Melhor Ator (Marcelo Peroni) do V Festival de Teatro de Bragança Paulista; Melhor Maquilagem (Marcelo Peroni) do V Festival de Teatro de Bragança Paulista; Melhor Figurino (Marcelo Peroni), do V Festival de Teatro de Bragança Paulista. No Exercício da Paixão (texto adaptado da obra de Nelson Rodrigues, com direção de Jorge Julião): Melhor Espetáculo, Melhores Atrizes (Aline Araújo e Isabel Cristina), Melhor Sonoplastia (Jorge Julião), Melhor Direção (Jorge Julião) e Melhor Iluminação (Renatho Costa) do X Fenate – Festival Nacional de Teatro de São Mateus (ES); Melhor Atriz Coadjuvante (Isabel Cristina) do I Festival Estadual de Teatro de Santa Bárbara d’Oeste-SP; Melhor Texto adaptado e Melhor Atriz (Aline Araújo) e Melhor Figurino (Marcelo Peroni) do Mapa Cultural Paulista.

Aline Araújo e Marcelo Peroni em Cinderela
Rápidas de Arthur de Azevedo: Prêmio Estímulo do Governo do Estado
Cartaz de lançamento e cena do espetáculo Pinóquio, um dos sucessos do grupo no Projeto Teatro-Escola
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 20 de julho de ...
1885 Nascia em Itu-SP o músico e maestro José Maria dos Passos.
1938 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, o médico Domingos Anastasio.
1947 Falecia em Jundiaí, aos 41 anos, o Professor João Muto.
2001 Falecia em São Paulo, aos 30 anos, o ilustrador e criador de histórias em quadrinhos e livros infantis Émerson Eduardo Luiz.
2002 Falecia em Jundiaí o ritmista Island Júnior.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada. Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada.
2019 Falecia em Jundiaí o metalúrgico, radialista e ex-vereador Rolando Giarola.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO