CAPARROZ, ANTONIO CARLOS

(Jundiaí, 7/6/1959) – Ator, sonoplasta, autor teatral, poeta, compositor e artista plástico. Integrou a Shangri-lá Cooperativa de Artes, exercendo as funções de diretor técnico, além de atuar em algumas de suas peças. Foi técnico de som e de efeitos especiais na montagem de O Vale da Coisa Engraçada, premiada em vários festivais de teatro, e desempenhou o papel de Michel na peça Livra-me. É autor de monólogos e peças adultas e infantis. Em 1996, conquistou a terceira colocação no Festival de Música do Clube Jundiaiense. Duas de suas composições foram gravadas pela banda Trio em Transe. Foi segundo colocado no Prêmio E. C. Banespa de Ecologia, disputado por poetas de todo o País. Recebeu, na ocasião, homenagem especial do presidente do Greenpeace no Brasil, José Zuquim. Teve poemas seus inseridos em duas edições do Alfubes Poesia, coletânea publicada pelo Banco do Estado de São Paulo, reunindo os melhores poetas-funcionários da instituição. Por ocasião do lançamento do Alfubes Poesias em Jundiaí, em 1995, foi homenageado pela poeta, crítica de artes, cantora e diretora de teatro Ana de Holanda (irmã do cantor e compositor Chico Buarque de Holanda). É também artista plástico (autodidata), desenvolvendo seu trabalho como desenhista especializado na técnica do nanquim e em gravuras abstratas. Foi um dos expositores da Semana Cultural de 1993, comemorativa ao Dia Nacional das Artes, como convidado da Associação dos Artistas Plásticos de Jundiaí. Entre os possuidores de suas obras figura o humorista e apresentador de TV Jô Soares, a quem pertence o trabalho intitulado Flautim Fodoscópio. Ex-bancário, Caparroz também teve atuação como radialista, executando, durante quase dez anos, todos os tipos de trabalhos técnicos em emissoras locais. Em 1999 passou a exercer a função de locutor na FM Terra da Uva, com um programa de quatro horas de duração, aos sábados e domingos. Mais recentemente, desempenhou a função de assessor político do vereador Antonio Carlos Pereira Netto. É citado no Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas, edições de 1997 e 1998, e nos Dicionários Jundiaienses de Literatura, de Música e de Artes Cênicas (1999), publicados pela Editora Literarte.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 13 de junho de ...
1966 Nascia em Montevidéu-Uruguai a coreógrafa Lis Michele Garcia Alaniz Lopes.
2008 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, a pianista e bailarina Teresa Cristina Sciamarelli.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO