BÜLL, NILCE CRUZ

Jundiaí, 14/3/1935 +27/2/2007 – Musicista, bailarina, atriz e coreógrafa. A par de uma intensa atividade pedagógica, desenvolvida ao longo de mais de 40 anos, Nilce Cruz Büll teve acentuada participação na vida cultural de Jundiaí, especialmente entre as décadas de 1960 e 70, atuando tanto na área musical como na das artes cênicas. Formada em piano, Nilce iniciou suas atividades de ensino nos anos 1950 e, paralelamente, passou a atuar junto à Igreja de Santa Terezinha, dirigindo o seu coral e o Teatro de Variedades que funcionou em um salão anexo àquela Paróquia. Esse teatro constituiu-se, durante alguns anos, na principal diversão dos moradores daquele bairro, apresentando espetáculos que mesclavam dramaturgia, música e dança. Além de responder pela direção artística do teatro, Nilce representava junto com os atores e bailarinas, para os quais preparava os scripts das peças e criava as coreografias. Seu trabalho à frente do Teatro de Variedades foi lembrado no livro Evangelização Sem Barreiras, lançado em 2002, por ocasião do 50º aniversário da paróquia de Santa Terezinha, com a reprodução do programa de uma de suas peças – E o Fantasma, quem é!…Foi, também, organista e Verônica da Igreja por mais de 15 anos. Em 1970, juntamente com seu marido, Rubens Büll, Nilce implantou na Rua Prudente de Moraes a Escola de Arte Musical, de cuja direção acabou se afastando em 1997, face à gradativa perda da visão. Atualmente, a Escola é dirigida por sua filha Rita Büll, que dá aulas de piano, e pelo bacharel em Música Hamilton Donizete Lemes de Souza.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 20 de julho de ...
1885 Nascia em Itu-SP o músico e maestro José Maria dos Passos.
1938 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, o médico Domingos Anastasio.
1947 Falecia em Jundiaí, aos 41 anos, o Professor João Muto.
2001 Falecia em São Paulo, aos 30 anos, o ilustrador e criador de histórias em quadrinhos e livros infantis Émerson Eduardo Luiz.
2002 Falecia em Jundiaí o ritmista Island Júnior.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada. Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada.
2019 Falecia em Jundiaí o metalúrgico, radialista e ex-vereador Rolando Giarola.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO