BRITO, OLGA DE

(Jundiaí, 21/9/1932) – Poetisa e roteirista de radionovelas. Filha de Lucas de Brito e Luiza Nunes Gonçalves. Olga de Brito fez seus estudos primários na Escola Paroquial e no Grupo Escolar da Vila Arens, cursando, depois, o Ginásio e o Magistério no Instituto de Educação de Jundiaí. Em 1972 concluiu o curso de Pedagogia. Começou a demonstrar talento para as letras nos tempos de estudante, quando produziu uma monografia sobre Duque de Caxias e seu trabalho foi selecionado para participar de um concurso no Rio de Janeiro. Depois disso, participou de concursos promovidos pela Universidade Artística do Rádio, objetivando a seleção de roteiros para radionovelas, em que obteve classificação, sendo o seu texto interpretado por atores da Rádio São Paulo, para transmissão através daquela emissora e da Rádio Difusora Jundiaiense. Também apresentou roteiro de radionovela à Rádio Cultura de São Paulo, obtendo o mesmo resultado. Desde a década de 60 vem se destacando em atividades culturais. Fez parte do Coral de Música Pio X; foi fundadora e presidente da Academia Infantil de Letras; foi presidente da Comissão Municipal de Literatura; atuou como jurada em vários concursos literários. Promoveu, em conjunto com a professora Gema Galasso, numerosos concursos de poesias entre alunos das escolas Paulo Mendes Silva, Adoniro Ladeira e José Romeiro Pereira, e, em paralelo a esses certames, criou as Manhãs de Trovas na Escola. Recebeu, entre outras, as seguintes premiações e honrarias: Comenda do Mérito Literário (Alclaf-RJ); Pioneira de Obras Culturais em Jundiaí (Alclaf-RJ e Aleci-MG); Comenda do Mérito Acadêmico; Comenda das Sete Estrelas (Aleci-S1-MG); Grã Cruz do Mérito Cultural; Medalha Cultural E. D’Almeida Vitor, da Enciclopédia Brasileira de Literatura; Diploma Mérito Poesia JK; Mérito Juscelino Kubitschek; Personalidade do Ano-94. Desde 1993 é presidente da World Poetry (Coreia) no Brasil. Faz parte da Academia de Belas Letras del Cono Sur (Uruguai); da INA (Ohio-EUA) e de várias academias de letras brasileiras, incluindo a Jundiaiense e a Feminina de Letras e Artes de Jundiaí, além de presidir a Academia Infantil de Letras e Artes de Jundiaí (AILA). É autora dos seguintes livros, editados artesanalmente: Você (1991); Sonhando (1991); Milton, o Carlitos (pesquisa, 1994); Comigo (1991); Mensagens de Paz, Amor e Fé (1997) e Meus Poemas (1998). Tem trabalhos nas seguintes coletâneas jundiaienses: Antologia Poética de Jundiaí (1979); Momentos de Inspiração (1980); Caminhando Juntos (1986), Jundiaí Poética (1987); Coletânea Acadêmica (A.F.L.A.J., 1986 a 2003); Akademus (A.J.L., 1991); Crônicas e Poesias (A.F.L.A.J., 1993); Letras Acadêmicas (A.J.L., 1993, a 2004). Dentre outras, tomou parte nas seguinte coletâneas publicadas fora de Jundiaí: XI Salão Campista de Trovas (Academia Pedralva de Letras e Artes, Campos-RJ, 1979); Anuário de Poetas do Brasil (Aparício Fernandes, Rio de Janeiro, 1983, 1984, 1985); I Antologia Lítero-Científica (Academia de Letras e Ciências de São Lourenço-MG, 1988); Mil Poetas Brasileiros (Toni Carré, Porto Alegre-RS, 1989); Antologia Poética de Cidades Brasileiras (Shogun Editora, Rio de Janeiro, 1990); Dicionário de Poetas Contemporâneos (Francisco Igreja, Rio de Janeiro, 1991); Revista Brasília (Reis de Souza, DF, 1992 e 1993); IV Antologia de Poetas e Escritores do Brasil (Reis de Souza, Brasília-DF, 1992); Valores Literários do Brasil (Reis de Souza, DF, 1992); Pergaminho Internacional (Academia de Letras e Ciências de São Lourenço-MG, 1992); Enciclopédia de Literatura Brasileira Contemporânea (Brasília-DF, 1993); Agenda Literária (Francisco Igreja, Rio de Janeiro, 1993); Raios de Luz Para o Mundo (Academia de Letras e Ciências de São Lourenço-MG, 1993 e 1994); Letras que Falam (Academia Internacional de Ciências, Artes e Filosofia, Rio de Janeiro, 1994); Poetas Contemporâneos (Ordem Internacional de Ciências e Letras, Brasília-DF, 1994); Pirilampos, nº 21 e nº 23 (Academia de Letras e Ciências de São Lourenço-MG, 1994); Pirilampos, nº 33 (1997). Coletâneas publicadas no exterior: World Poetry (Kim Young Sam, Coreia do Sul, 1989, 1992 e 1994); Anthology of Contemporary Universal Most Important Poets (Kim Young San, Coreia do Sul, 1993); Directory of International Writters and Artists (Iwa, Bluffton, Ohio-EUA, 1996); Poetas de La Humanidad (Albacete, Espanha, 1996). Também compôs o Hino da E.E.P.G. Prof. José da Silva Júnior, musicado por Francisco Pessolano Júnior.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 24 de junho de ...
1905 Nascia em Jundiaí o ator Pompeu Perdiz.
1912 Nascia em Itatiba Luiz Latorre, empresário e ex-prefeito de Jundiaí.
1946 Entrava no ar a Rádio Difusora Jundiaiense.
1971 Nascia em Jundiaí a artista plástica Leila Alves Lopes.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO