BANDA AURIFULGENTE

Banda humorística surgida na década de 30, sob a liderança do artista plástico Diógenes Duarte Paes. Sua principal característica era a de compor-se de amigos que, em sua maioria, não sabiam tocar qualquer instrumento. Formava-se para tomar parte em festejos carnavalescos, nos desfiles da Festa da Uva e em qualquer ocasião que se lhes apresentasse a chance de se divertir e divertir a população. A antiga Padaria Palma foi, por muito tempo, o ponto de encontro do grupo, do qual fizeram parte, entre outros: Antenor Murback, Alfredo Fronzaglia, Jimmy Chittenden, Onofre Peres, Rogério Baston, Gildo Baston, Orlando D’Angieri, José Antônio Paulielo, João Pupo, Alexandre Bixestre, Aquiles Carneiro de Campos. Em 1966, a Banda Aurifulgente passou a contar com um maestro, o cômico Milton Domingos (o Carlitos Jundiaiense), que, mais tarde, assumiu a sua direção, transformando-a na atual Bandinha do Carlitos.

José Antonio Paulielo em quadro pintado por Diógenes Duarte Paes.
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 16 de junho de ...
1927 Nascia em Jundiaí o escritor jurídico e fotógrafo amador Walter Campaz.
1952 Nascia em Morungaba-SP a contista, cronista e artista plástica Maria Helena de Paula Gomes Dias (Lena).
1966 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o professor João Duarte Paes.
1982 Falecia em Jundiaí, aos 47 anos, o professor, jornalista e radialista Nelson Álvaro de Figueiredo Brito.
1987 Falecia em Jundiaí, aos 83 anos, o intelectual autodidata Walter Gossner.    
2023 Falecia em Jundiaí, aos 82 anos, o advogado, radialista e professor universitário Reinaldo Ferraz de Barros Basile.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO