ASSOCIAÇÃO JUNDIAIENSE DE MÚSICA SERTANEJA (AJUMS)

Liderada por Maria Cristina Castilho de Andrade, Luíza da Silva Rocha Rafael e Maria de Lourdes Torres Potenza, a Associação Jundiaiense de Música Sertaneja surgiu no dia 8 de setembro de 1980, com o objetivo de atrair novos alunos para o Mobral, órgão que tinha sede e mantinha seus cursos nas dependências da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esportes e Turismo (antiga Secet), à Rua Rangel Pestana, 372. Quando esse órgão federal foi extinto, decidiu-se manter a AJUMS em atividade, dando-lhe, para isto, uma razão social, como sociedade sem fins lucrativos. Desde então, a entidade funciona como uma espécie de cooperativa de trabalho, da qual participam cantores, compositores e instrumentistas que se apresentam em duos e trios, ou mesmo individualmente, em shows e festas populares. Seus membros também integram um coral, cujas apresentações acontecem em clubes, igrejas, festas populares e em emissoras de rádio e televisão.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 12 de abril de ...
1898 Nascia em Jundiaí o professor Oscar Augusto Gelli.
1929 Nascia em Jundiaí o ator e bailarino Jayro de Barros Lara.
1935 Nascia em Jundiaí o violonista e luthier Romualdo Russo.
1942 Falecia em Jundiaí o desenhista, projetista e construtor César Ferrari.
1946 Nascia em Casa Branca-SP a pintora Juçara Pimenta de Pádua Colagrossi.
1959 Falecia em Campinas-SP, aos 84 anos, o Padre Felisberto Schubert, reorganizador da Ordem Salvatoriana no Brasil.
1988 Falecia em Jarinu-SP, aos 59 anos, o ator e bailarino Jayro de Barros Lara.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO