ALMEIDA, LÁZARO DE

(Valinhos-SP, 28/3/1916 +Jundiaí, 31/1/1995) – Farmacêutico, político e comediante. Apelido: Arquimedes. Filho de Rosa e Carolino de Almeida. Arquimedes veio ganhar esse apelido em Jundiaí, ainda garoto, quando aqui iniciou suas atividades de trabalho, entregando medicamentos e aplicando injeções em domicílio. Fez-se, com o tempo, bastante conhecido no ramo, e acabou montando o seu próprio estabelecimento. Em 1962, foi reconhecido como farmacêutico prático pelo Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo. Seus dotes para a representação dramática revelaram-se na juventude, quando passou a fazer parte do corpo cênico do Clube S.P.R., atuando e colaborando na roteirização dos dramas, comédias e atos variados que o grupo apresentava nos cines-teatros República e Polytheama. Tinha como companheiros, nessa época (1936 a 1938), Francisco Fernandes Pessolano, Roque de Barros e outras figuras que vieram a se destacar no cenário artístico e cultural de Jundiaí. No final dos anos 1940, Arquimedes fez parte do departamento de radioteatro da Rádio Difusora Jundiaiense, atuando ao lado de Armando Dainese, José Seckler Machado, Alcindo de Mattos, Dalberto Mário Giaccheta, irmãs Tartarin, Francisco Montes e outros radioatores da época em que a emissora foi inaugurada. O permanente contato com o público, propiciado pela atividade de farmacêutico, associado à sua desenvoltura na defesa dos interesses da população, permitiu a Arquimedes eleger-se vereador por sucessivos mandatos, de 1948 até 1982. Nesse período, foi eleito oito vezes presidente da Câmara Municipal e quatro vezes presidente do Congresso Estadual dos Municípios (Santos, Campos do Jordão, Serra Negra e Águas de Lindóia). Também presidiu o Paulista Futebol Clube; a Associação Atlética Ipiranga (durante sete anos); a Sociedade Amigos de Vila Arens; o Centro de Assistência e Cultura de Vila Arens; a Comissão Central de Esportes e a Comissão Municipal de Turismo, tendo sido ainda, membro do Conselho Estadual de Turismo. Recebeu o título de Comendador, outorgado pelo General Alfredo Stroessener, do Paraguai, e o título de Cidadão Jundiaiense em 1971. Ao despedir-se da vida pública, em 1982, Arquimedes foi homenageado por seus pares com o título de Vereador Honorário da Câmara Municipal.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 16 de junho de ...
1927 Nascia em Jundiaí o escritor jurídico e fotógrafo amador Walter Campaz.
1952 Nascia em Morungaba-SP a contista, cronista e artista plástica Maria Helena de Paula Gomes Dias (Lena).
1966 Falecia em Jundiaí, aos 73 anos, o professor João Duarte Paes.
1982 Falecia em Jundiaí, aos 47 anos, o professor, jornalista e radialista Nelson Álvaro de Figueiredo Brito.
1987 Falecia em Jundiaí, aos 83 anos, o intelectual autodidata Walter Gossner.    
2023 Falecia em Jundiaí, aos 82 anos, o advogado, radialista e professor universitário Reinaldo Ferraz de Barros Basile.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO