SAVIOLLI, ARGEMIRO

(Indaiatuba-SP, 17/9/1941) – Artista plástico. Assina Saviolli. Lápis de cor preta, carvão, grafite, aquarela, nanquim, óleo e pastel oleoso são os materiais utilizados por esse artista que já aos 11 anos dedicava-se à pintura, executando paisagens em varandas e paredes internas de residências de amigos de sua família. Saviolli mudou-se para Jundiaí ainda pequeno e aqui deu início aos estudos que embasariam os seus conhecimentos na área do desenho e fortaleceriam a sua inclinação para as Artes Plásticas. Depois de concluir o curso primário e frequentar a Escola Ferroviária, Saviolli cursou Desenho de Arquitetura na Escola de Tecnologia e Desenho de Campinas, de onde saiu preparado para a carreira que tanto desejava seguir. Partindo para a capital, trabalhou ao lado de alguns dos mais importantes arquitetos paulistanos, como Roberto Loeb, Flávio Mindlin Guimarães, Marklen Siag Landa, Ubirajara Giglioli e João B. A. Xavier, auxiliando-os no desenvolvimento de vários projetos nacionais e internacionais, tais como o do Pavilhão Brasileiro na EXPO-70 (Osaka-Japão), na TRANSPO-72 (Washington-EUA) e na Feira Internacional do Mobiliário (Nova York-EUA), a decoração do interior da Cia. do Metropolitano de São Paulo e outros mais, para o Canadá, Bolívia e Paraguai. O permanente contato com os museus, galerias de arte e ateliês de outros artistas, assim como os muitos cursos que frequentou em São Paulo – como o de Modelo Vivo, feito na Pinacoteca do Estado, onde teve como mestre Marcelo Nitshe – permitiram-lhe uma atualização constante com as novas técnicas e materiais e o completo domínio das formas e das cores. Desde 1996, Argemiro Saviolli presta trabalho voluntário ao Lar Espírita Vinha de Luz, com aulas de desenho e pintura às crianças. Exposições e Galerias: 1979 – Galeria Graphus (São Paulo); Galeria Artes e Curiosidades Brasileiras (São Paulo); VIII SLAC – Salão Limeirense de Arte Contemporânea (Limeira-SP); 1980 – Galeria Paulo Figueiredo (São Paulo); Feira de Arte e Artesanato de Jundiaí; 1981 – Kate Gallery (São Paulo); Galeria Suzana Sassoun (São Paulo); Feira de Arte e Artesanato de Jundiaí; 1982 – Feira de Arte e Artesanato de Jundiaí; 1983 – I Feira de Cultura Brasileira (Casa Quatro – Ateliê de Arquitetura e Arte (São Paulo); 1984 – Homenagem a Juan Miró (Jundiaí); Galeria Literarte (Jundiaí); III Exprojun – Exposição de Produtos Jundiaienses (Jundiaí); I Salão da Criança de Jundiaí; Sesc/Fábrica da Pompeia (São Paulo); Secretaria do Interior (São Paulo); Assembleia Legislativa do Estado (São Paulo); 1985 – Livraria e Café Belas Artes (São Paulo); I Feira de Produção Comunitária (São Paulo); Humanizart’s (Itatiba-SP); Lilo & Tito Lanchonete e Restaurante (Jundiaí); IMESP – Imprensa Oficial do Estado (São Paulo); Câmara Municipal de São Paulo; Assembleia Legislativa do Estado (São Paulo); 1986 – Puerta Del Sol, La Paz e Tiahuanaco (Bolívia); Coletiva em Cuzco (Peru); Coletiva em Redenção da Serra (SP); Assembleia Legislativa do Estado (São Paulo); I Mostra da Cooperativa Literarte (Jundiaí); Galeria Arte Brasileira – Feira de Natal (São Paulo); 1987 – II Mostra da Cooperativa Literarte (Campo Limpo Paulista-SP); Lilo & Tito (Jundiaí); III Mostra da Cooperativa Literarte (Jundiaí); 1988 – Museu Histórico e Cultural de Jundiaí; Livraria D. Quixote (Jundiaí); Casa da Cultura de Jundiaí; IV Mostra da Cooperativa Literarte (Jundiaí); 1989 – Criação do Espaço Amizade Arte (22ª Feira da Amizade de Jundiaí); 1990 – Coletiva de artistas jundiaienses em Iwakuni (Japão); Coletiva Clássicos e Contemporâneos (Ápice Galeria, Jundiaí); 1991– Criação do espaço para o Salão da Polícia Militar do Estado de São Paulo (Maxi Shopping, Jundiaí); VI Mostra de Artes Plásticas de Itatiba-SP; 1992 – Projeto do espaço da I Mostra de Arte Livre de Jundiaí (Maxi Shopping, Jundiaí; 1993 – Projeto do Espaço Cultural Literarte (Jundiaí); 1995 – Projeto do Espaço Cultural Literarte/Pão de Açúcar (Jundiaí); projeto do Espaço Cultural Literarte/Nossa Caixa Nosso Banco (Jundiaí), para a exposição Franciscanas; 1997 – Montagem da exposição individual da pintora Irene Chaves no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí (Jundiaí); montagem da exposição comemorativa da reinauguração do Teatro Polytheama (com João Borin); montagem (com Douglas de Souza) e participação na exposição comemorativa do lançamento do Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas-97, no Grêmio Recreativo C.P. (Jundiaí); montagem da exposição individual do artista plástico Issis Martins Roda no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); Projeto do espaço (com Ronaldo Rodrigues Fabre) e montagem da exposição do fotógrafo Sebastião Salgado no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); montagem de exposição coletiva de artistas jundiaienses no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); montagem da exposição in memoriam do fotógrafo Oswaldo Willy Fehr (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); montagem da exposição individual da pintora Maria Diva Taddei Vasconcellos no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); montagem da exposição da pintora Regina Yoko Aoki no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); montagem da exposição promovida pela Coordenadoria Municipal de Cultura e Turismo para entrega do catálogo e diplomas aos artistas participantes da exposição comemorativa da reinauguração do Teatro Polytheama (com João Borin); 1998 – montagem da exposição de fotos de Lívio Tagliacarne (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); montagem da exposição Riscos e Rabiscos, do desenhista Émerson Eduardo Luiz (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); montagem da exposição Sensitivas, das pintoras Maria Lúcia M. Panizza, Lena, Sueli Knox, Márcia Cardin, Irene Chaves e Bell Agnello, no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); montagem e participação na exposição comemorativa do lançamento do Anuário Jundiaiense de Artes Plásticas-98 (Grêmio Recreativo C.P., Jundiaí); montagem (com João Borin) da exposição Gabinete, 90 anos – Inos, 45 anos de Pintura, no 90º aniversário do Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); montagem (com João Borin) da exposição Resgate: 1950 – 1º Salão Jundiaiense de Belas Artes (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); montagem (com João Borin) da exposição Archittectare, dos arquitetos Araken Martinho, Mauro Sacchi, Einar Segura, Eduardo Carlos Pereira e empresa Segmento (Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, Jundiaí); montagem da 1ª Exposição do Acervo do Gabinete de Leitura Ruy Barbosa (Jundiaí); projeto e montagem (com Sabrina, Mauro e Paulo Rogério Borges) do espaço de exposição de artes plásticas do Pão & Poesia VI (Parque Comendador Antonio Carbonari, Jundiaí). Capas de livros e ilustrações: Baturiti, a Cidadela, de Euler Buzá Faro (1988); Vielas do Meu Coração, de Cícero Correa (1988); O Poeta da Ponte e Salto dos Meus Tempos de Rapaz, de Roque de Barros (1988); Com Muito Amor no Coração, de Marcílio Massarotto, todos editados pela Literarte; e Faces, de Ricardo Abumrad (Editora Maltesi, 1994). Crítica: “Apreciar a arte de Argemiro Saviolli é viajar por distantes mundos, onde o mesmo descobre elementos inesperados que transporta e reagrupa nas imagens que cria, transcendendo o que podemos ver. Inacreditável é o realismo com que Saviolli procura nos mostrar, através de seus lápis, carvão, pastéis e sanguíneos, que brotam das profundezas do branco do papel figuras extraordinárias de sua imaginação fértil e irriquieta, própria daqueles que possuem o dom de criar e fazer arte.” (Geraldo B. Tomanik, a propósito da exposição feita pelo artista na Lanchonete Lilo & Tito, em agosto de 1988).

Novembro de 1999: Concepção visual do Centro de Exposições Permanentes Cecília Meirelles, então inaugurado no Complexo Cultural Argos.
Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 21 de junho de ...
1912 Nascia em Jundiaí o carpinteiro e escritor Donato Rullo.
1926 Era fundada em Jundiaí a Associação Esportiva Jundiaiense.
1943 Nascia em Jundiaí a pintora e arte-educadora Sueli Ferreira.
1960 Nascia em Jundiaí a artista plástica Helena Beatriz Galvani.
1961 Nascia em Jundiaí o poeta e romancista José Carlos Zâmbolli.
1981 Nascia em Jundiaí a bailarina Marcela Molena.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO