OLIVEIRA, JERÔNIMO APARECIDO DE

Ator. Embora tenha sido premiado em 1979, com o melhor monólogo do II Festival de Teatro de Jundiaí, com o antigo texto As Mãos de Eurídice, Jerônimo foi um dos responsáveis pelas denúncias de que o evento estava preparado para destacar apenas os grupos de elite da cidade como o Teatro Estudantil Rosa, vencedor, na época, de seguidos festivais. Depois da polêmica gerada por suas declarações sobre a existência de favoritismos na política local, o ator acabou seguindo outros rumos profissionais.

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 20 de julho de ...
1885 Nascia em Itu-SP o músico e maestro José Maria dos Passos.
1938 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, o médico Domingos Anastasio.
1947 Falecia em Jundiaí, aos 41 anos, o Professor João Muto.
2001 Falecia em São Paulo, aos 30 anos, o ilustrador e criador de histórias em quadrinhos e livros infantis Émerson Eduardo Luiz.
2002 Falecia em Jundiaí o ritmista Island Júnior.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada. Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada.
2019 Falecia em Jundiaí o metalúrgico, radialista e ex-vereador Rolando Giarola.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO