OLIVEIRA, DANIELLE RIBEIRO DE

(Jundiaí, 1/3/1978) – Bailarina. Seus estudos de balé tiveram início em 1987, no Instituto de Orientação Artística, onde, logo no primeiro ano de curso, foi escolhida para interpretar a menina Clarice na peça Quebra Nozes. Contemplada com uma bolsa de estudo, redobrou sua dedicação à dança, participando nos anos posteriores, das seguintes coreografias: 1988 – Nós Queremos Uma Valsa; 1989 – Era Uma Vez Uma Imensa Floresta (solista, interpretando a índia); 1990 – Oficina de Bonecas Bailarinas; 1991 – Mozartianas; 1992 – La Danza; 1993 – Pas de Valse; 1994 – A Volta ao Mundo. A partir de 1994, já havendo concluído sua formação em balé clássico, Danielle passou a tomar aulas de pas de deux e, ao mesmo tempo, a integrar o Corpo de Baile Juvenil do I.O.A. Com a conclusão dos estudos de Orientação de Ensino de Dança Clássica, lecionou Balé e Jazz para os menores carentes da Comej e também foi chamada para ministrar aulas na Academia Stillus, em Franco da Rocha-SP. Suas atividades intensificaram-se em 1995, quando passou a integrar o Corpo de Baile semiprofissional do I.O.A. Nesse ano, teve as seguintes participações: XIII Festival de Dança de Joinville/SC (I.O.A.); fase municipal do Mapa Cultural Paulista (I.O.A.); participação especial na apresentação do Balé Natura Essência, de Santos, na Sala Glória Rocha; apresentação da coreografia Itália, Brasil na Festa Italiana de Jundiaí, na Festa do Morango de Itatiba-SP, no Festival de Dança da Associação Esportiva Jundiaiense e no Maxi Shopping, de Jundiaí, além de outros locais, através da Academia Corpo Livre, onde tem aulas de jazz; assistência à professora Gisele, da Escola de Educação Infantil Carrossel, nas apresentações de fim de ano de seus alunos. Em 1996, Danielle lecionou baby class na Escola de Educação Infantil Trilha Nova. Em 1998, prosseguiu seus estudos no Instituto de Orientação Artística, enquanto lecionava nas escolas infantis Bom Saber e Baby Center, além de manter alunas particulares em sua própria residência. Professores e coreógrafos que orientaram sua formação artística: Fabiana G. Kruppa (1987), Iara F. B. Bennatti (1988 a 1991), Maria Carmem A. Camargo (1993), Carlos Ortelan (1995 e 1996), Priscila e Verônica (1997).

Encontrou algum erro?

Envie uma correção

EFEMÉRIDES
Em 20 de julho de ...
1885 Nascia em Itu-SP o músico e maestro José Maria dos Passos.
1938 Falecia em Jundiaí, aos 63 anos, o médico Domingos Anastasio.
1947 Falecia em Jundiaí, aos 41 anos, o Professor João Muto.
2001 Falecia em São Paulo, aos 30 anos, o ilustrador e criador de histórias em quadrinhos e livros infantis Émerson Eduardo Luiz.
2002 Falecia em Jundiaí o ritmista Island Júnior.
2003 Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada. Falecia em Jundiaí, aos 90 anos, o violonista amador José Levada.
2019 Falecia em Jundiaí o metalúrgico, radialista e ex-vereador Rolando Giarola.

Saiba mais sobre estes e outros personagens, instituições e fatos ligados às Artes, à Cultura e à História de Jundiaí navegando pela nossa Enciclopédia Digital.

Acompanhe nossas Redes sociais
Parceiros

Copyright © 2021 Jundipedia. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por PROJECTO